Dia violento em cidade mexicana, vários homicídios e lojas incendiadas

Agência Lusa , AM
12 ago, 07:46
Ciudad Juárez, no México (EPA)

Autoridades de Ciudad Juárez e os proprietários de estações de serviço, lojas de conveniência e estabelecimentos similares decidiram encerrar temporariamente os espaços

Várias pessoas foram assassinadas, incluindo quatro trabalhadores de uma estação de rádio e três reclusos, num dia de violência em Ciudad Juárez, no México, onde também foram incendiadas empresas e descobertos restos mortais humanos.

Numa estrada movimentada foi encontrada uma cabeça humana, o que acontece pela segunda vez em menos de 24 horas, elevando para cerca de meia centena o número total de homicídios em agosto, de acordo com os 'media' locais.

Os quatro funcionários de uma empresa de rádio foram mortos junto a uma pizzaria, no parque de estacionamento e, de acordo com informações iniciais, as vítimas eram locutores e estavam a trabalhar num 'spot' publicitário.

Três lojas de conveniência foram incendiadas. Numa delas, uma funcionária perdeu a vida devido a intoxicação por fumo. Numa outra loja, quatro homens foram baleados.

Lojas incendiadas na Ciudad Juárez (EPA)

Devido a estes episódios de violência extrema, as autoridades de Ciudad Juárez e os proprietários de estações de serviço, lojas de conveniência e estabelecimentos similares decidiram encerrar temporariamente os espaços.

No mesmo dia, pelo menos três reclusos morreram e vários ficaram feridos num confronto dentro de um centro de reinserção social.

Em comunicado, o Ministério Público indicou que o incidente numa das áreas da prisão foi protagonizado por grupos de crime organizado no interior da prisão.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados