Três palestinianos mortos por militares israelitas na Cisjordânia

Agência Lusa , AL
4 mai 2023, 10:37
Cisjordânia (Foto: Alaa Badarneh/EPA)

As tropas israelistas entraram esta quinta-feira em Nablus e mataram três palestianos, após um confronto. De acordo com o exército israelita, os três eram suspeitos de um ataque a um automóvel no mês passado, que resultou na morte de três mulheres

Três palestinianos foram hoje mortos por tropas israelitas em Nablus, na Cisjordânia ocupada, divulgou o exército de Israel.

Israel acusou os três palestinianos de estarem por trás de um ataque no mês passado a um automóvel perto de um colonato judeu na Cisjordânia, que provocou a morte de uma mulher anglo-israelita e de duas das suas filhas.

Num comunicado, os militares israelitas disseram que entraram na manhã desta quinta-feira em Nablus, na Cisjordânia ocupada, e após um intenso tiroteio mataram três suspeitos.

O exército israelita afirmou que dois dos homens, identificados como Hassan Katnani e Maed Mitsri, eram militantes do grupo Hamas. As forças de segurança de Israel identificaram o terceiro homem como Ibrahim Hura, que teria ajudado os outros suspeitos no ataque.

O Ministério da Saúde palestiniano informou esta quinta-feira que três pessoas morreram em confrontos em Nablus, na Cisjordânia, mas não identificou os mortos.

A violência em Nablus ocorre num momento particularmente delicado na região, dias após um proeminente palestiniano ter morrido na prisão após uma greve de fome.

A sua morte desencadeou um grande ataque de foguetes dos militantes muçulmanos a partir da Faixa de Gaza e, consequentemente, ataques aéreos israelitas ao enclave palestiniano.

Há mais de um ano que Israel faz incursões em aldeias, vilas e cidades da Cisjordânia ocupada, em operações alegadamente motivadas por uma onda de ataques palestinianos contra israelitas.

Israel argumenta que estas operações visam desmantelar redes de combatentes muçulmanos e impedir futuros ataques.

Os palestinianos veem as operações israelitas como mais uma etapa dos 56 anos de ocupação de Israel nas terras que reivindicam para um futuro Estado palestiniano independente.

Cerca de 250 palestinianos foram mortos desde que os primeiros ataques foram lançados. Durante esse mesmo período, quase 50 pessoas foram mortas em ataques palestinianos contra israelitas.

Relacionados

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Mais Lidas

Patrocinados