Estão 50 graus negativos na cidade mais fria do mundo

CNN , Heather Chen
16 jan, 15:54
Yakutsk, na Sibéria Oriental, Rússia

Pensava que o seu inverno era frio? As temperaturas na cidade mais fria do mundo caíram para 50 graus Celsius negativos.

A cidade de Yakutsk, na Sibéria Oriental, Rússia, conhecida como um dos lugares mais frios do mundo, assistiu a uma onda de frio anormalmente longa. Janeiro é o seu mês mais frio e, embora estejam habituados a temperaturas geladas, os residentes da região remota estão a tomar precauções extras para se manterem quentes.

"Não se pode combater isto", disse à Reuters um morador vestido com dois lenços e várias camadas de luvas, chapéus e camisolas. "Ou você se ajusta e se veste de acordo ou sofre."

A chave, segundo outra residente que vende peixe congelado num mercado local, são as camadas. "Basta vestir-se com roupas quentes, em camadas, como um repolho", disse.

Em 2018 ficou tão frio que alguns moradores disseram que as suas pestanas congelaram.

As peixeiras Marina Krivolutskaya e Marianna Ugai posam para uma foto num mercado ao ar livre em Yakutsk, Rússia, em 15 de janeiro de 2023. Créditos: Roman Kutukov/Reuters

Lar de menos de um milhão de pessoas, os invernos de Yakutsk podem ser extremos - mesmo para os padrões russos.

Mas a cidade chamou a atenção internacional em julho passado, quando a névoa de incêndios florestais nas proximidades atravessou florestas, cobrindo a região com fumo espesso.

Os cientistas expressaram sérias preocupações quanto à frequência crescente dos incêndios provocados pelas alterações climáticas no Ártico siberiano.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Mais Lidas

Patrocinados