Vodafone restabelece dados móveis 4G "com limitações", mas apenas a algumas zonas do país

8 ago, 09:00
Vodafone

Operadora fez esta terça-feira uma atualização sobre a reposição de serviços após o ciberataque

A Vodafone iniciou esta terça-feira o restabelecimento dos serviços base de dados móveis sobre a sua rede 4G, afetados na sequência do ciberataque.

Frisando uma "intensa e exigente operação de reposição", a operadora adianta que o arranque "está de momento condicionado a zonas restritas do País, estando gradualmente a ser expandido para o maior número possível de Clientes".

O serviço da Vodafone está igualmente sujeito a algumas limitações, "nomeadamente no que respeita à velocidade máxima permitida de forma a garantir uma melhor monitorização da utilização da rede, bem como uma distribuição mais equitativa e sustentável da capacidade disponibilizada aos nossos Clientes", escreve a operadora, em comunicado.

"Trata-se de mais uma etapa que faz parte do complexo percurso que temos vindo a percorrer e cujo esforço tem sido atenuado pelas muitas manifestações de solidariedade e compreensão que nos têm feito chegar", esclarece.

A Vodafone assumiu esta terça-feira que foi alvo de um ciberataque na segunda-feira e disse que não tem indícios de que os dados de clientes tenham sido acedidos e/ou comprometidos, estando determinada em repor a normalidade dos serviços. A empresa explica que foi alvo de um "ciberataque deliberado e malicioso" com o objetivo de causar danos e perturbações.

 

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados