Chuvas e agitação marítima fortes colocam Norte e Centro sob aviso laranja

Agência Lusa , AM - notícia atualizada às 10:22
8 jan, 08:13
Mau tempo em Portugal (Associated Press)

Avisos vão vigorar em diferentes períodos do dia

As zonas norte e centro de Portugal Continental vão estar este domingo sob aviso laranja devido a períodos de chuva forte e agitação marítima, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

As previsões de períodos com chuvas fortes justificam o aviso laranja para os distritos de Aveiro, Braga, Viseu, Porto, Viana do Castelo e Vila Real, apesar de em diferentes períodos do dia.

No caso de Viseu e Aveiro, o aviso laranja é para entre as 09:00 e as 15:00, quando se preveem períodos de chuva, por vezes forte.

Já para os distritos do Porto, Vila Real, Viana do Castelo e Braga o aviso laranja é para o período entre as 06:00 e as 12:00, em que se esperam períodos de chuva, por vezes forte, em especial nas regiões montanhosas.

Os distritos do Porto, Viana do Castelo, Aveiro e Braga estão também sob aviso laranja por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste, com cinco a seis metros, podendo atingir os 11 metros, no período entre as 03:00 e as 21:00.

O aviso laranja por causa da agitação marítima estende-se aos distritos de Lisboa, Leiria e Coimbra.

Capitania do Funchal prolonga aviso de agitação marítima

A capitania do Porto do Funchal prolongou o aviso de agitação marítima forte para o arquipélago da Madeira que emitiu sábado até às 06:00 de segunda-feira.

O aviso estava em vigor até às 18:00 deste domingo, mas foi prolongado com base nas previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)) sobre a situação geral do estado do tempo (vento e mar) para a orla marítima da região.

No documento, a capitania indica que o vento vai soprar de oeste “bonançoso a moderado, tornando-se gradualmente fraco a bonançoso a partir da noite”.

Quanto à visibilidade, indica ser “boa a moderada, temporariamente fraca durante a noite”.

Sobre a ondulação, refere que, na costa Norte, as vagas vão ser de noroeste, aumentando gradualmente até os três a quatro metros, “diminuindo para 2,5 a 3,5 metros” no final do período do aviso. Na parte sul serão na ordem dos dois metros reduzindo a partir da noite.

A autoridade marítima regional insiste na recomendação “aos proprietários e armadores das embarcações que adotem as devidas precauções por forma a garantirem a segurança das mesmas”.

Meteorologia

Mais Meteorologia

Mais Lidas

Patrocinados