Autocarro com 47 pessoas despista-se na China. Há 27 mortos e 20 feridos

Agência Lusa , NM - notícia atualizada às 15:24
18 set, 08:17
China

Este é já a ocorrência mais mortíferas nas estradas chinesas este ano

Vinte e sete pessoas morreram este domingo no sudoeste da China, quando um autocarro que as transportava para um local de quarentena anti-covid se despenhou, informaram as autoridades locais.

O veículo, que transportava 47 pessoas, "capotou", disse a polícia local, adiantando que o acidente provocou também 20 feridos.

O acidente, o mais mortal na China desde o início do ano, ocorreu na prefeitura de Qiannan, uma região isolada e montanhosa da província de Guizhou, onde vivem várias minorias étnicas.

O governo provincial confirmou, algumas horas após o acidente, que o autocarro estava a transportar pessoas "para o local onde iriam ficar em quarentena” devido à pandemia de covid-19, mas não foi especificado se os passageiros estavam doentes, eram casos de contacto ou apenas residentes nalgum edifício onde se registaram casos de infeção.

A província de Guizhou registou mais de 900 novos casos nos últimos dois dias.

Entretanto, nas redes sociais, as pessoas têm chorado os mortos, em mensagens acompanhadas de lamentos contra a política "covid zero" que vigora na China.

Durante o bloqueio de dois meses da cidade de Xangai, na última primavera, muitos residentes de cidades com casos covid-19 foram transportados em autocarros a meio da noite para instalações rudimentares noutras províncias para quarentena. 

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados