Empresa detida por português faz oferta para comprar o Chelsea

17 mar, 17:13
Lille-Chelsea

Aethel Partners compromete-se já a investir 50 milhões de libras no clube

A Aethel Partners, empresa detida pelo português Ricardo Silva, anunciou que fez uma oferta para adquirir o Chelsea, de acordo com a BBC.

A empresa, sediada em Londres, compromete-se já a investir 50 milhões de libras no clube, cerca de 60 milhões de euros.

Esse valor servirá como financiamento para fazer face aos problemas financeiros que os blues atravessam e para reconstruir o estádio do clube, Stamford Bridge.

Roman Abramovich, atual dono, colocou o Chelsea à venda no passado dia 2 de março, na sequência da invasão da Rússia à Ucrânia.

O oligarca russo, ligado ao regime de Vladimir Putin, foi entretanto sancionado pelo governo britânico e qualquer negócio está, portanto, congelado. O executivo de Boris Johnson terá de emitir uma licença especial – como aquela que permite que o clube continue a pagar os salários aos jogadores e a operar no dia a dia – para que qualquer venda avance.

Quem é Ricardo Silva?

Segundo pode ler-se no site da Aethel Partners, Ricardo Silva é um «empresário e investidor português nos setores financeiro, tecnológico e mineiro». Estudou economia na Universidade de Lisboa e física na Universidade de Harvard. Em 2014, fundou a Aethel Partners juntamente com Aba Schubert, uma empresária norte-americana. Desde 2020, a Aethel Mining Limited, filial da Aethel Partners, explora as minas de Moncorvo, em Bragança.

Relacionados

Patrocinados