Homem morre após ser baleado no peito em bairro de Lisboa

Ana Botto , Notícia atualizada às 00:10 de dia 15 de maio
12 mai, 22:42
Homem em estado grave ao ser baleado no peito em bairro de Lisboa (Direitos Reservados)

Mulher entregou-se à polícia mas a pistola utilizada no crime ainda não foi localizada

Morreu o homem que foi baleado na zona do peito durante a noite desta quinta-feira na zona J, em Chelas, Lisboa.

O alerta ocorreu cerca das 21:34. Na origem do crime estará um ajuste de contas. A vítima foi transportada para o Hospital de São José ainda com sinais vitais, mas acabou por não resistir à gravidade dos ferimentos causados pela arma de fogo. 

A mãe do suspeito entregou-se. Foi ter à esquadra de Chelas e disse que tinha feito o disparo. A pistola utilizada ainda não foi localizada.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) montou uma operação musculada no local e a investigação passou entretanto, para a alçada da Polícia Judiciária. 

Sabe a CNN Portugal que o irmão da vítima mortal está em prisão domiciliária com vigilância electrónica por tentativa de agressão a elementos da polícia.

O ajuste de contas ocorreu a poucos metro do local onde, há cerca de mês e meio, um outro homem foi baleado com seis tiros.

Traição e morte 

Por suspeitar de uma relação extra-conjugal da cunhada, o homem, com cerca de 40 anos, tentou um ajuste de contas familiar. Fez uma espera quinta-feira à noite, em Chelas, quando a mulher chegava do trabalho, acompanhada pelo filho.  Primeiro foram os insultos, depois as agressões físicas. O filho, fruto de uma relação anterior, disparou a matar.

A vítima ainda correu para o prédio onde morava, sendo até assistido pelo INEM, nas escadas do edifício. Foi transportado de urgência para o hospital de S. José, onde viria a morrer. Depois do disparo, o homicida fugiu e mantém-se em parte incerta com a pistola usada no crime.

Para proteger o filho, a mãe apresentou-se na esquadra de Chelas e assumiu a autoria dos disparos, mas a versão não convenceu as autoridades.
 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados