Champions: 35.000 adeptos excedentários originaram caos da final

31 mai 2022, 21:30
Houve problemas na entrada de adeptos do Liverpool para a final da Champions, o que motivou o atraso do início do jogo

Foram vendidos 75 mil ingressos, mas Federação francesa garante que 110 mil pessoas seguiram para o estádio

Os incidentes que antecederam a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Liverpool, em Paris, foram provocados por 35 mil adeptos excedentários, «na posse de bilhetes falsificados ou sem ingressos».

«Foram emitidos um total de 75.000 ingressos, o número de pessoas que deveria ter ido ao Stade de France. No entanto, e com base nas informações recolhidas junto dos vários operadores públicos e privados, a FFF registou que 110.000 pessoas se dirigiram ao recinto», explicou a Federação Francesa de Futebol.

O organismo conclui que esse excedente originou o caos: «Essas 35.000 pessoas adicionais, na posse de ingressos falsificados ou sem ingressos, causaram distúrbios à ordem pública, ao bloquearem as portas de acesso ao estádio e impedirem que portadores de ingressos reais tivessem conseguido aceder ao recinto antes do desafio».

Segundo os dados oficiais, 79.200 pessoas utilizaram transportes públicos para se dirigirem ao estádio, 21.000 foram de autocarro, 6.000 usaram táxis ou similares, enquanto 4.100 seguiram em viaturas particulares.

Relacionados

Champions

Mais Champions

Mais Lidas

Patrocinados