Depois de Maradona, Messi: o que une os argentinos na vida de Futre?

6 out, 09:01

Antigo internacional português faz «declaração» aos dois astros

Paulo Futre viveu nesta quarta-feira um dia de emoções fortes no Estádio da Luz, sobretudo, antes do jogo entre o Benfica e o Paris Saint-Germain.

O antigo internacional português «quase ia preso» para ir pedir um autógrafo a Lionel Messi (como pode ver no vídeo associado a este artigo), e no final falou sobre o quão especial foi o momento para ele, recordando… Maradona.

«Modéstia à parte, só vi dois canhotos que me pareceram muito melhores do que eu: os dois argentinos», escreveu nas redes sociais, explicando o que une Messi e Maradona na sua vida.

«Diego Maradona foi o único jogador a quem pedi um autógrafo para mim, quando partilhámos equipa na seleção do mundo em 1987. Hoje [quarta-feira], pedi o segundo a Leo Messi», escreveu nas redes sociais.

Champions

Mais Champions

Patrocinados