Seoane: «FC Porto é competitivo e neste grupo todos têm hipóteses»

3 out, 21:43
Gerardo Seoane

Treinador do Bayer Leverkusen diz que os dragões tinham equipa «mais madura» quando os defrontou pelo Young Boys, mas aponta experiência e tradição à equipa de Conceição. Ex-V. Guimarães, Edmond Tapsoba, espera jogo «difícil»

O treinador do Bayer Leverkusen, Gerardo Seoane, sublinhou esta segunda-feira a competitividade do FC Porto e acredita em equilíbrio nas forças e na forma das equipas. Antecipando um adversário «experiente e com tradição», o técnico suíço diz que todos têm hipóteses no grupo B da Liga dos Campeões, à partida para o duelo terceira jornada (3.ª feira, 20h00).

«É sempre preferível jogar em casa na Champions. O FC Porto é muito competitivo e já se viu neste grupo que todos têm hipóteses [ndr: de vencer]. Está tudo equilibrado a nível de relação de forças e de forma das equipas», frisou o técnico, em conferência de imprensa, numa altura em que o grupo B tem o Club Brugge na frente, com seis pontos, seguido de Bayer e Atlético (ambos com três) e o FC Porto ainda sem pontos.

Finalistas vencidos da prova em 2001/02, os farmacêuticos perderam na visita ao Club Brugge (0-1), mas bateram em casa o Atlético de Madrid (2-0), enquanto têm desiludido no principal escalão alemão, ao seguirem no 17.º e penúltimo posto, com cinco pontos.

«Estamos muito desiludidos depois do jogo com o Bayern Munique [derrota por 0-4, na sexta-feira, para a oitava ronda da Bundesliga]. Não foi satisfatório. A equipa está ciente da situação que atravessa e temos de trazer certas qualidades para o campo, tais como estarmos dispostos a lutar com muita vontade para deixar vir ao de cima a qualidade. O jogo seguinte é sempre uma oportunidade de evoluir e de demonstrar junto dos nossos adeptos uma prestação melhor do que a anterior», acrescentou o técnico de 43 anos.

O administrador Fernando Carro já admitiu poder substituir o técnico no comando do Bayer Leverkusen, que venceu duas das 11 partidas oficiais disputadas esta época e foi afastado pelo Elversberg da primeira eliminatória da Taça da Alemanha. «São questões internas. Tento falar sempre de forma muito clara com a direção. Estou cá há muito tempo e o mais importante são sempre os resultados e o próximo jogo. Tenho a responsabilidade de trabalhar a equipa e preparar tanto quanto possível o jogo seguinte, tirando as devidas ilações do anterior. É natural que o clube não pare de avaliar todas as situações que vão sucedendo. Até agora, o clube sempre demonstrou confiança em mim, senão não estaria aqui, mas estou preparado para lidar com estas questões», comentou.

Antes de rumar a Leverkusen, em 2021/22, Seoane sagrou-se tricampeão suíço pelo Young Boys e até defrontou o FC Porto, já liderado por Sérgio Conceição, na fase de grupos da edição 2019/20 da Liga Europa, averbando um duplo desaire por 2-1. «Tem o mesmo treinador e a mesma energia. Nessa altura, era uma equipa mais madura nos seus processos de jogo. Seja como for, é muito competitiva e tem mais ou menos o mesmo estilo, jogando sempre com muita emoção. O treinador deverá incutir esses valores”, comparou Seoane, que chamou 21 jogadores para o embate no Dragão.

Na convocatória está Edmond Tapsoba, antigo defesa de Leixões (2017/18) e Vitória de Guimarães (2018 a 2020), que deteta «muita confiança» no FC Porto após a vitória conseguida sobre o Sp. Braga, por 4-1, na sexta-feira. «O FC Porto é um grande clube e vai jogar diante dos seus adeptos. Será um jogo difícil, mas estamos cá para ganhar. Eles têm avançados bons, rápidos e técnicos, pelo que iremos tentar evitar que cheguem à nossa baliza e possam contra-atacar», apontou Tapsoba.

Relacionados

Champions

Mais Champions

Patrocinados