CGTP realiza semana da igualdade com greves, manifestações e desfiles pelo país

Agência Lusa , CF
27 fev, 15:26
Isabel Camarinha junta-se ao protesto da Fenprof (Lusa/TIAGO PETINGA)

Semana da igualdade terá como lema "salários a aumentar para a vida mudar e a igualdade avançar" e vai realizar-se entre 6 e 10 de março, com destaque para o Dia Internacional da Mulher

A CGTP realiza a 10.ª edição da semana da igualdade entre 6 e 10 de março com várias iniciativas no país, entre concentrações, greves, desfiles e manifestações, em especial no dia 8, Dia Internacional da Mulher, foi esta segunda-feira anunciado.

"A situação das mulheres trabalhadoras em Portugal está a deteriorar-se ainda mais do que em relação aos homens trabalhadores, designadamente em relação ao emprego, aos salários, aos horários, às carreiras profissionais e à proteção social", pode ler-se no comunicado da CGTP.

A semana da igualdade, que é promovida pela intersindical há dez anos, terá como lema "salários a aumentar para a vida mudar e a igualdade avançar".

Segundo a CGTP, a semana da igualdade arranca a 6 de março com diversas iniciativas públicas denominadas “A Igualdade está na Rua” em dez regiões do país (Porto, Aveiro, Coimbra, Castelo Branco, Leiria, Santarém, Lisboa, Faro, Funchal e Ponta Delgada).

O programa "vai abranger mais de um milhar de empresas, escolas e outras instituições, onde se realizarão plenários e concentrações à porta, com a participação das trabalhadoras e com os seus testemunhos acerca das desigualdades, discriminações e retrocessos que se vivem nos locais de trabalho, bem como das soluções e propostas para os resolver e ultrapassar", avança a intersindical.

Relacionados

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados