Governo pede esclarecimentos à Comissão Europeia e desmente-a: não, não há qualquer problema com os certificados de vacinação

CNN Portugal , MJC
14 jan, 08:13
Controlo nas fronteiras terrestres (Lusa/Nuno Veiga)

Comissão Europeia admitiu existirem problemas em Portugal na emissão de certificados covid-19 com a informação da dose de reforço da vacina, mas os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde desmentem esta informação

Os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde "não têm registo de quaisquer constrangimentos técnicos associados à emissão de Certificados Digitais Covid da UE com a informação referente à dose de reforço da vacina", garante à CNN Portugal fonte oficial da SPMS, E.P.E.

A Comissão Europeia admitiu esta quinta-feira existirem problemas em Portugal na emissão de certificados covid-19 da União Europeia e que estariam já técnicos da instituição em contacto com as autoridades portuguesas.

“É verdade que parece haver problemas em Portugal quando se trata da emissão de certificados na sequência da administração de uma dose de reforço. Os nossos peritos estão em contacto com as autoridades portuguesas”, informou fonte oficial do executivo comunitário em resposta escrita enviada à agência Lusa.

Mas os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde garantem que não têm qualquer conhecimento sobre esta situação: "Na ausência de qualquer reporte de constrangimentos técnicos pela própria Comissão Europeia, a SPMS, E.P.E. já solicitou à referida entidade os necessários esclarecimentos quanto à matéria publicada", responde fonte oficial, quando questionada pela CNN Portugal.

Em causa estão queixas de utilizadores que não conseguiram ter acesso ao certificado digital que atesta administração da dose de reforço após uma série primária de vacinação anticovid-19 (de duas doses), como estipulado pelas regras europeias desde final de dezembro passado.

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados