"Tudo muito perturbador". A reação das apresentadoras dos Óscares ao estalo de Will Smith a Chris Rock

31 mar, 10:37

Amy Schumer e Wanda Sykes defenderam o humorista e expressaram o seu choque com o que aconteceu

O estalo dado por Will Smith ao apresentador Chris Rock durante a cerimónia dos Óscares continua envolto em polémica. Rock foi agredido por Smith após ter feito uma piada sobre a sua mulher, Jada Pinkett Smith.

Amy Schumer, uma das anfitriãs da cerimónia deste ano, disse que está profundamente "traumatizada" e espera que "aquele sentimento doentio desapareça", segundo conta o The Guardian

"Amo o meu amigo [Chris Rock] e acho que ele lidou com a situação de forma muito profissional. Permaneceu no palco e ainda entregou um óscar a Questlove. Foi tudo muito perturbador", escreveu a atriz, numa publicação partilhada na rede social Instagram, mas que entretanto foi apagada.

"Há tanta mágoa nele [Will Smith]. Ainda estou em choque, atordoada, triste".

Já esta quarta-feira, a também apresentadora da cerimónia, Wanda Sykes, expressou a sua indignação relativamente ao comportamento de Smith e à inação por parte da Academia.

"Senti-me tão mal pelo meu amigo Chris. Foi doentio, absolutamente doentio. Senti-me fisicamente doente e ainda estou um pouco traumatizada com isso", adiantou, em entrevista a Ellen DeGeneres.

A atriz considerou "nojento" que a organização permitisse que a cerimónia continuasse para Smith, assim como que o artista recebesse o Óscar de melhor ator. "Quão nojento é? Estão a passar a mensagem errada".

O ator Jim Carrey também se manifestou, dizendo que processaria Smith, se aquela situação tivesse sido com ele. "Hollywood é cobarde em massa", disse, adiantando que se sentiu "enojado" com a atribuição do prémio de melhor ator a Will Smith.

O pedido de desculpas de Smith

Menos de 24 horas após a agressão, Smith recorreu ao Instagram para pedir desculpa a Chris Rock.

“A violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. O meu comportamento na cerimónia dos Óscares na última noite foi inaceitável e indesculpável”, começou por escrever.

“Queria pedir desculpa, Chris. Passei das marcas e estava errado. Estou envergonhado e as minhas ações não foram indicativas do homem que eu quero ser. Não há lugar para a violência num mundo de amor e bondade”, continuou, terminando a mensagem a dizer que é ele [Smith] é um “trabalho por concluir" e que o amor leva a fazer "coisas loucas".

A posição de Jada

A atriz Jada Pinkett Smith também se manifestou através de uma publicação no Instagram, quebrando o silêncio na terça-feira, dois dias após a cerimónia.

"Esta é uma altura de cura e eu estou pronta para isso."

A reação de Chris Rock

Chris Rock já falou sobre o que aconteceu na noite dos Óscares. O comediante norte-americano regressou ao palco na noite de quarta-feira, para dois espectáculos em Boston da sua digressão "Ego Death Tour", tendo sido ovacionado de pé durante vários minutos das duas vezes.

"Deixem-me ser choroso e merdoso", disse Chris Rock, com lágrimas nos olhos, perante o apoio do público. "Como foi o vosso fim de semana?", perguntou de seguida, arrancando gargalhadas da plateia.

Depois, abordou o tema que todos aguardavam, e fez uma promessa.

Relacionados

Artes

Mais Artes

Patrocinados