Só queriam cerveja e acabaram a brincar com leões no palácio do sheik. As peripécias dos adeptos ingleses no Catar

21 nov, 14:51

Toda a aventura foi relatadas nas redes sociais, através de uma sequência de vídeos, cada um deles mais surreal do que o anterior. “Não pode ficar melhor do que isto”, garante a dupla fã do Everton

Esta segunda-feira é apenas o segundo dia do Mundial 2022 e eis que surge a primeira história inimaginável. Apesar das polémicas em torno do evento, esta é uma história com final feliz e começa com dois adeptos ingleses, Alex Sullivan e o companheiro identificado apenas como John, à procura de cerveja numa rua catari. De algum modo, acaba com a dupla a beber com um dos filhos do sheik do Catar, no seu palácio, enquanto faziam festas em leões e admiravam macacos e aves exóticas.

As história ficou conhecida graças a um conjunto de vídeos partilhados nas redes sociais, mas Alex já relatou também o que aconteceu à talkSport: “Estávamos à caça de cerveja”, começou.

O inglês adepto do Everton explica que se cruzaram com dois cataris, Nawaf e Abdul-Aziz, e foi aqui que tudo começou. Um destes homens alegadamente é filho do sheik do Catar e terá garantido que “arranjavam cervejas”, mas não ali. Foi o suficiente para convencer Alex e John, que prontamente saltaram para um jipe. A partir daqui, o carro só parou mesmo quando chegaram a um palácio de grandes dimensões e repleto de curiosidades pouco comuns para um cidadão europeu.

“Ainda estávamos no banco detrás e mostraram-nos macacos, os seus pássaros exóticos, foi uma loucura”, refere Alex.

Jonh explica quem alegadamente eram Nawaf e Abdul-Aziz: “Na última noite conhecemos um dos filhos do sheik e levou-nos e mostrou-nos o palácio, tinha leões e tudo”. O adepto da Inglaterra, também conhecida como a seleção dos três leões, realça ainda a hospitalidade com que foram recebidos.

“Fizeram-nos sentir em casa e deixaram-nos ver o interior da habitação. Isto não pode melhorar”, acrescenta John.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados