«Nenhuma equipa criou as dificuldades que nós criámos ao Vizela»

André Cruz , Estádio Municipal de Braga
30 nov 2021, 23:08
Sp. Braga-Vizela (Hugo Delgado/Lusa)
Sp. Braga-Vizela (Hugo Delgado/Lusa)

Carvalhal destacou o plano de jogo e voltou a querer «situar expetativas» apontando para o número de jovens da formação na ficha de jogo

PUB

O treinador do Sp. Braga, Carlos Carvalhal, na conferência de imprensa após a vitória frente ao Vizela (4-1), em jogo da 12.ª jornada da Liga:

[Resposta da equipa que teve mais tempo para preparar o jogo] «Nenhuma equipa criou as dificuldades que nos criámos ao Vizela. Fizemos um plano de jogo com algum tempo para treinar e os jogadores interpretam na totalidade o que entendemos melhor para contrariar a pressão e jogo apoiado do Vizela, encontrando espaços. Tivemos várias oportunidades. Na segunda parte, fizemos o terceiro, juntámos as linhas, não podemos jogar os 90 minutos ao nível de pressão da primeira parte. Concedemos um golo num erro defensivo mas acabámos por sentenciar a partida se é que já não estava. Uma vitória justa contra uma equipa muito bem orientada».

PUB

[Qual foi a estratégia para anular o jogo do Vizela?] «Depois apelidam-me de professor ou mestre da tática. Vocês, jornalistas, escrutinem o que fizemos, como contrariámos a pressão e criámos espaços para os aproveitar».

[Adeptos do Vizela] «Dei uma palavra especial aos adeptos do Vizela. Os adeptos do Vizela têm sido inexcedíveis. No panorama do futebol português são algo de significativo e especiais. Na minha festa de aniversário tenho sempre dois vizelenses, amigos para a vida, guardo grandes recordações e foi um dia especial».

PUB
PUB
PUB

[Jovens da formação] «Estamos a fazer o nosso percurso, a equipa deste ano não tem nada a ver com a do ano passado. Hoje jogaram três miúdos da formação, estamos a fazer uma reestruturação, há algo a ser feito e isso é visível nas caras novas. Sem Galeno, Al Musrati e Tormena jogaram outros que cumpriram o plano e ainda acrescentaram, foi uma vitória da equipa e não de individualidades. Não arranjo justificações, tento arranjar soluções, é para isso que me pagam, a equipa respondeu muito bem e estamos aí para as curvas».

[Quarto lugar] «O Sp. Braga, até ao momento, no campeonato, perdeu com o campeão nacional e na Luz, teve alguns empates que cheiraram a vitória, o nosso nível de eficácia andava em baixo. Somos uma equipa que compete nas competições todas, com lesões, muitos jogadores da formação, hoje eram dez. Não temos ido ao mercado buscar jogadores por 5, 6, 10 milhões. É importante situar expetativas e perceberem onde estamos. Não percebo essa situação de crise [de que se falava], com apenas estas derrotas, grandes possibilidades de ficar em primeiro lugar na Liga Europa, estamos na Taça de portugal e da Liga. Há sempre a visão do copo meio vazio e meio cheio. Estamos merecidamente em quarto lugar, não ganhámos ao Benfica nem Sporting porque foram melhores que nós».

PUB
PUB
PUB

 

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Patrocinados