Nova secretária de Estado da Agricultura tem contas bancárias arrestadas

5 jan, 11:26

Carla Alves tem contas arrestadas porque o marido foi acusado pelo Ministério Público de crimes de corrupção, prevaricação e participação económica em negócio

Há uma nova polémica a envolver membros do Governo, neste caso, a recém-empossada secretária de Estado da Agricultura. 

Carla Alves tem arrestadas contas bancárias que partilha com o marido, Américo Pereira, ex-presidente da Câmara de Vinhais, que foi acusado pelo Ministério Público de crimes de corrupção, participação económica em negócio e prevaricação, num alegado esquema relacionado com a venda de terrenos do seminário. 

A atual governante, por arrasto, viu as contas de que também é titular serem arrestadas pela Justiça, confirmou a CNN Portugal em documentos a que teve acesso.  A Polícia Judiciária terá ainda detetado, na esfera do casal, valores que são incompatíveis com os rendimentos declarados: entre 2013 e 2020 terão entrado nas contas de Carla Alves e Américo Pereira 700 mil euros que não estão justificados, o que pode indiciar eventuais práticas de fraude fiscal.

Carla Alves Pereira, natural de Bragança, tem 52 anos e é licenciada em Engenharia Zootécnica pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Antes de ser nomeada secretária de Estado da Agricultura, substituindo Rui Martinho, que deixa o cargo por motivos de saúde, era diretora regional de Agricultura e Pescas do Norte, cargo que ocupou desde dezembro de 2018. Antes, foi diretora do  Parque Biológico de Vinhais.

Segundo o Governo, é perita da Confederação dos Agricultores de Portugal e foi vice-presidente da Federação Nacional de Raças Autóctones (2005-2018). Lecionou como professora convidada no Instituto Politécnico de Bragança (1997-1999) e na Escola Secundária de Vinhais (1993-1994). 

 

 

 

É diretora regional de Agricultura e Pescas do Norte desde dezembro de 2018, tendo sido antes, a partir de 2007, diretora do Parque Biológico de Vinhais. Carla Alves faz parte do quadro técnico da Câmara Municipal de Vinhais desde 2000.

Relacionados

Governo

Mais Governo

Patrocinados