Ministro francês cancela reunião com Reino Unido após carta de Boris Johnson

26 nov, 07:54
Gérald Darmanin
Gérald Darmanin

Críticas do primeiro-ministro britânico sobre como está a ser gerida a crise dos migrantes no Canal da Mancha não caíram bem em França

PUB

O ministro do Interior de França cancelou, esta sexta-feira, a reunião que tinha com a sua homóloga britânica Priti Patel depois das recentes críticas sobre como está a ser gerida a crise dos migrantes por parte de Boris Johnson.

A reunião acontecerá, no entanto, com representantes da Bélgica, Alemanha, Países Baixos e Comissão Europeia, avança a Reuters.      

PUB

A decisão de Gerald Darmanin reforça a dificuldade que os dois países estão a ter para enfrentar, em conjunto, o fluxo de migrantes que tenta atravessar o mar entre os dois países. Na passada quarta-feira, 27 pessoas morreram afogadas quando tentavam chegar à costa britânica.

Esta quinta-feira, o primeiro-ministro britânico apresentou um plano de cinco passos para que Reino Unido e França possam lidar com a crise migratória no Canal da Mancha.

Boris Johnson acabou por apelar à França para que aceite de volta os migrantes que entraram ilegalmente no Reino Unido provenientes da costa francesa, acentuando as persistentes divergências entre os dois países sobre questões migratórias.

PUB
PUB
PUB

“Propomos que coloquemos em prática um acordo bilateral de readmissão para permitir o retorno de todos os migrantes ilegais que atravessam o Canal da Macha”, salientou Boris Johnson.

O governante britânico referia-se a um acordo semelhante aos que existem entre a União Europeia (UE) e a Bielorrússia ou Rússia, noticia a agência AFP.

Para o primeiro-ministro britânico, esta medida “teria um efeito imediato e reduziria consideravelmente, ou interromperia mesmo, as travessias [ilegais]”.

Perante as declarações de Boris Johnson, Gerald Darmanin cancelou a reunião e acusou o Reino Unido de "má gestão migratória".

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa