Polícia canadiana detém dezenas de manifestantes em Ottawa

18 fev, 23:43
Polícia canadiana detém manifestante em Ottawa (Lusa)

“A polícia vai continuar a avançar para recuperar o controlo das ruas. Vamos trabalhar dia e noite até a questão ficar resolvida”, afirmou à imprensa o chefe da polícia de Ottawa, Steve Bell

A polícia canadiana deteve esta sexta-feira dezenas de manifestantes em Ottawa, naquele que é o último esforço por parte das autoridades para tentarem dispersar os protestos que já duram há três semanas na capital.

Segundo a Associated Press, uma boa parte das carrinhas e camiões presentes no centro da cidade começaram a evacuar à medida que a polícia ia avançado. Até meio da tarde, cerca de 70 pessoas tinham sido detidas pelas forças de segurança.

“A polícia vai continuar a avançar para recuperar o controlo das ruas. Vamos trabalhar dia e noite até a questão ficar resolvida”, afirmou à imprensa o chefe da polícia de Ottawa, Steve Bell.

Da parte da manhã, vários operadores de reboque, a usar máscaras de esqui, chegaram ao local dos protestos sob escolta policial, e começaram a remover vários camiões e autocaravanas que se encontravam frente ao parlamento.

Os protestos do denominado “comboio da liberdade” paralisaram o comércio local na capital canadiana, mas também na ponte Ambassador, que liga o Canadá aos Estados Unidos.

Este foi um dos testes mais sérios a Justin Trudeau, que ocupa o cargo de primeiro-ministro desde novembro de 2015. No início da semana, Trudeau invocou a Lei de Emergências do Canadá autorizando as forças policiais a declarar os bloqueios ilegais, rebocar camiões e punir os motoristas com detenção, congelar contas bancárias e suspender as licenças.

Relacionados

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados