Cenas horríficas: pessoas saltam de edifício em chamas para fugir ao incêndio de casino no Camboja

CNN , Yin Soeum, Kocha Olarn e Heather Chen. Fotos: cortesia Peerapan Srisakorn para a CNN
29 dez 2022, 09:44
Incêndio Casino Camboja Foto Cortesia Peerapan Srisakorn

O Grand Diamond City Hotel and Casino, em Poipet, no Camboja, incendiou-se na noite passada.

As vítimas saltaram para a morte do edifício em chamas, numa tentativa frenética de escapar a um incêndio mortal que engoliu um casino no Camboja esta quarta-feira, segundo testemunharam fontes socorristas tailandeses presentes no local.

Os socorristas disseram que pelo menos 11 pessoas morreram, mas que se espera que o número oficial de vítimas mortais aumente, no incêndio no Grand Diamond City Hotel and Casino em Poipet, cidade que faz fronteira com a Tailândia.

Patcharin Thaenthong, líder de uma equipa de resgate tailandesa que respondeu às chamadas de emergência das autoridades cambojanas, disse à CNN que algumas das vítimas pareciam ter morrido devido à inalação de fumo. “Quando chegámos, não conseguimos entrar porque o incêndio já tinha tomado conta [da maior parte] do edifício”, contou.

Cerca de 700 cidadãos tailandeses foram resgatados e enviados para hospitais na Tailândia, de acordo com as autoridades.

Fotos do local mostram enormes chamas brilhantes de cor âmbar e plumas de fumo a subir do complexo.

Bombeiros no Grand Diamond City Hotel and Casino em Poipet, Camboja. Cortesia: Peerapan Srisakorn

Peerapan Srisakorn, da Fundação Aranyaprathet Rescue, disse ter visto pessoas a saltar de edifícios em chamas.

“Duas pessoas morreram imediatamente quando atingiram o chão e cerca de quatro a cinco (outras) partiram as pernas”, disse.

Vídeos na página do grupo no Facebook mostraram trabalhadores de resgate a caminhar por corredores cheios de fumo usando em capacetes e equipamento de proteção.

Peerapan disse também ter visto pelo menos mais nove corpos dentro dos edifícios. Ele suspeita que o incêndio começou num restaurante do piso inferior, antes de se espalhar por outras partes do complexo. “Algumas pessoas correram para o telhado, (pensando) que os cambojanos poderiam ter uma grua de salvamento para ajudar - mas não tinham”, disse.

Os bombeiros atacam o incêndio. Cortesia: Peerapan Srisakorn

As condições meteorológicas podem ter ajudado a propagar o fogo, acrescentou.

“Estava muito vento ontem à noite”, relatou. “O fogo alastrou rapidamente para os andares superiores e depois para todos os lados, engolindo todo o edifício”. E acrescentou ter visto um edifício ficar sem electricidade e as luzes a apagarem-se.

Ainda não é claro se o incêndio foi totalmente extinto. Patcharin, líder da equipa de resgate, disse que ainda conseguia ver grandes quantidades de fumo, mas que já não via chamas.

O Major-General Sithi Loh, comissário da Polícia Provincial de Banteay Meanchey, disse que tinham sido destacados 300 agentes da polícia, 11 camiões de bombeiros e uma série de helicópteros.

Segundo afirmou, a causa do incêndio permanece pouco clara e a disposição estreita e elevada do hotel tinha tornado difícil a avaliação completa do estado do incêndio.

Poipet, um centro de transporte entre a Siem Reap do Camboja e a capital tailandesa Banguecoque, é conhecido pelos seus múltiplos casinos e é a casa de muitos tailandeses que trabalham na indústria do jogo da cidade.

Quase todas as formas de jogo são ilegais na Tailândia, embora continue a ser um vício popular no país, com muitos tailandeses a atravessar a fronteira para jogar legalmente.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados