Pelo menos um desaparecido devido a torrente de lama na Califórnia

Agência Lusa , AM
14 set, 06:44
Califórnia (Associated Press)

Habitações e outros edifícios foram danificados, incluindo um edifício comercial cujo telhado ruiu devido ao peso da lama

Pelo menos uma pessoa está desaparecida, depois de inundações repentinas terem causado uma torrente de lama que enterrou automóveis e edifícios e obrigou à retirada de moradores na Califórnia, no oeste dos Estados Unidos.

As equipas de socorro estão à procura de um morador em Oak Glen, disse, na terça-feira, Eric Sherwin, porta-voz dos bombeiros do condado de San Bernardino, no sul da Califórnia, onde várias pequenas comunidades montanhosas foram afetadas.

Sherwin disse que algumas das rochas arrastadas pelo torrente para as ruas de Oak Glen “pesam várias toneladas". "Pode levar dias só para encontrar todos os carros que estão desaparecidos porque estão completamente cobertos de lama," acrescentou.

Habitações e outros edifícios foram danificados, incluindo um edifício comercial cujo telhado ruiu devido ao peso da lama, disse Sherwin.

Com a previsão de trovoada devido a uma tempestade tropical e mais deslizamentos de terra possíveis, as ordens de retirada de habitantes mantiveram-se em algumas partes das montanhas de San Bernardino.

A Califórnia tem sido atingida por vários desastres naturais e as autoridades estão, de momento, a lutar contra três grandes incêndios. Na terça-feira, um incêndio, que deflagrou a 805 quilómetros a norte de San Bernardino, está já a afetar uma área de 200 quilómetros quadrados.

As inundações e torrentes de lama aconteceram em partes das montanhas de San Bernardino afetadas pelos incêndios de 2020, que deixaram pouca vegetação no solo.

"Toda aquela terra se transforma em lama e começa a deslizar pela montanha", disse Sherwin.

Cientistas indicaram que as alterações climáticas tornaram o oeste dos Estados Unidos mais quente e seco nas últimas três décadas e vão continuar a tornar o clima mais extremo e os incêndios florestais mais frequentes e destrutivos.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados