Cães com dietas vegan têm menos problemas de saúde, revela estudo

19 abr, 22:00
Cão

Estudo britânico conclui que uma dieta vegana pode ser mais benéfica para os cães do que as dietas convencionais à base de carne. Apesar das diferenças, eles acham-na igualmente saborosa

As dietas veganas podem ser mais saudáveis e benéficas para os cães do que as dietas convencionais à base de carne, desde que sejam nutricionalmente completas. Estas são as conclusões de um estudo da Universidade de Winchester - e o maior até à data sobre o tema - revelado pelo The Guardian.

Para chegar a isto, foram acompanhadas as dietas e a saúde de 2.536 cães durante mais de um ano, através de inquéritos preenchidos pelos donos, que avaliaram sete indicadores de saúde, como o número de idas ao veterinário e 22 doenças comuns. Mais de metade dos animais era alimentada com uma dieta convencional, cerca de um terço com carne crua e 13% com uma dieta vegan.

E os resultados são surpreendentes: quase metade (49%) dos cães alimentados com uma dieta convencional à base de carne sofriam de algum problema de saúde e precisaram de medicação extraordinária (não rotineira), mas apenas um terço (36%)  dos cães alimentados com dietas veganas tiveram de o fazer. Além disso, 17% dos cães com dietas convencionais faziam quatro ou mais visitas ao veterinário durante um ano, contra apenas 9% dos veganos e 8% dos que se alimentam de carne crua.

Sendo um estudo à base de inquéritos, não foi possível aferir os motivos que justificam estes números, mas o investigador Andrew Knight acredita que os problemas de peso podem ser um importante factor: “Um dos problemas de saúde mais comum dos cães é o excesso de peso ou a obesidade, e as dietas à base de carne têm mais calorias”, disse, citado pelo The Guardian. “Também conhecemos os malefícios associados ao consumo excessivo de carne e produtos lácteos nas pessoas e, normalmente, são usados os mesmos ingredientes.”

Melhor para a saúde e, afinal, também é saborosa

Para além das vantagens para a saúde, estes animais também parecem gostar deste tipo de comida. Outro estudo separado, divulgado em 2021, descobriu que os cães consideravam as dietas veganas tão saborosas quanto a comida de cão dita "comum".

Mas há ainda um pormenor que importa referir: alguns dos cães do estudo que foram alimentados com dietas de carne crua revelaram ser ligeiramente mais saudáveis do que os cães veganos, no geral. No entanto, tal pode ter sido porque eles eram, em média, um ano mais novos. Os cães que tinham uma dieta à base de carne crua também tinham menos probabilidades de serem levados ao veterinário - mas se, numa fase inicial, os investigadores acreditavam que isto se devia ao facto de serem saudáveis, uma análise posterior acabou por mostrar que era menos provável que os donos destes animais procurassem aconselhamento veterinário. Por isso, dizem os investigadores, é necessária mais investigação para perceber se a dieta à base de carne crua pode ser mais benéfica do que a vegan - até porque estudos anteriores ligaram o consumo de carne crua a maior risco de agentes patogénicos, parasitas e deficiências nutricionais.

"A principal limitação do nosso estudo é que não tínhamos uma população de animais mantida num centro de investigação e alimentada com uma dieta específica, sem qualquer alteração”, disse o investigador AndrewKnight. "Estudámos o que cães reais em lares normais comiam e os seus resultados de saúde. Isso dá-nos uma boa indicação de quais são os resultados para os cães no mundo real"..

Um setor em crescimento

Se está a pensar em alterar a dieta do seu cão, eis outro fator para ter em consideração: o impacto prejudicial do consumo excessivo de carne pelas sociedades ocidentais no meio ambiente e na saúde das pessoas ficou claro nos últimos anos, bem como as crescentes preocupações sobre como os animais de criação são tratados.

Atualmente existem cerca de 470 milhões de cães de estimação no mundo e há já um número crescente de donos que está a considerar mudar a dieta dos seus animais também. Só em 2020, foram vendidos em todo o mundo cerca de 8 mil milhões de euros em alimentação vegana para animais de estimação. 

Mas apesar de muitos donos começarem a apostar numa dieta vegan, há quem tenha dúvidas. A presidente da Associação Veterinária Britânica, Justine Shotton, disse à mesma publicação: "Há muita investigação a acontecer no campo das dietas vegan para cães, e este estudo acrescenta evidências às suas vantagens. Contudo, há falta de dados robustos relativos às consequências de alimentar cães ao longo dos anos à base de uma dieta vegan. Por isso, estamos ansiosos por mais estudos que nos mostrem se isto pode satisfazer as necessidades nutricionais dos cães a longo prazo".

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Vida Saudável

Mais Vida Saudável

Patrocinados