Um morto e nove desaparecidos em queda de hidroavião nos Estados Unidos

Agência Lusa , AM
5 set, 06:41
Buscas em Boston (Boston Fire Department)

Aeronave esteve apenas 19 minutos no ar antes de se despenhar na baía de Mutiny Bay, por volta das 15:11

Uma pessoa morreu e nove continuam desaparecidas, incluindo uma criança, depois de um hidroavião se ter despenhado, no domingo, a norte de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, informou a Guarda Costeira norte-americana.

O avião tinha partido de Friday Harbor, um popular destino turístico nas ilhas San Juan, no estado de Washington, e dirigia-se para a cidade de Renton, no mesmo estado.

A aeronave esteve apenas 19 minutos no ar antes de se despenhar na baía de Mutiny Bay, por volta das 15:11 (23:11 de domingo em Lisboa) por razões ainda desconhecidas.

Inicialmente, as autoridades norte-americanas indicaram, na rede social Twitter, que nove pessoas estavam a bordo, mas, mais tarde, adiantaram que dez pessoas estavam na aeronave.

As autoridades de Washington estabeleceram um perímetro de segurança no local, a 64 quilómetros de Seattle, para onde se deslocaram várias equipas de emergência, assim como quatro embarcações, um helicóptero e um avião.

Em maio de 2019, seis pessoas morreram numa colisão aérea entre dois hidroaviões turísticos no Alasca.

Os aviões, baseados em Ketchikan, que transportavam passageiros do mesmo navio de cruzeiro, o Princesa Real, regressavam de voos pelos fiordes de Misty, considerados monumento nacionais norte-americanos.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados