Dois homens detidos por burlas qualificadas e uso indevido de cartões bancários. Vítimas eram idosos

Agência Lusa , CF
1 jun, 15:14
Multibanco

Um dos homens fazia-se passar por funcionário bancário e interpelava vítimas com idades entre os 80 e os 95 anos de idade. A PSP estava a investigar o suspeito desde o início do ano

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP deteve no dia 25 de maio dois homens, com 47 e 48 anos de idade, por serem suspeitos da prática de 35 burlas qualificadas e 254 utilizações indevidas de cartão bancário.

Em comunicado, a PSP adianta esta quarta-feira que a investigação teve início a 3 de janeiro, data em que os “polícias se aperceberam de que existia um fenómeno criminal associado a um falso funcionário bancário”.

O suspeito em causa interpelava vítimas com idades entre os 80 e os 95 anos, dizendo-lhes que necessitava do cartão para substituição.

“Já na posse do cartão multibanco, solicitava o código PIN e agendava um falso encontro sempre no Balcão 2 de uma qualquer entidade bancária. Com as informações que entretanto conseguia obter junto das vítimas, efetuou utilizações indevidas e não consentidas, num valor total avaliado em 163.912,40 euros”, refere a PSP.

O suspeito “deambulava por diversas comarcas do país sempre com este ‘modus operandi’, seguido de perto pelos investigadores da PSP”.

No âmbito da investigação, a polícia iniciou uma operação que visou o cumprimento de mandados de busca domiciliária e não domiciliária e de detenção, através da distribuição de vários investigadores, pelas zonas onde o suspeito atuava com maior regularidade.

“Aquando da sua localização para efeitos de cumprimento da referida ordem judicial de detenção, o mesmo havia acabado, em coautoria, de cometer o crime de que vem sendo investigado”, conta a PSP.

No dia 25 de maio, o suspeito tinha abordado um idoso e tinha acabado de efetuar levantamentos e operações indevidas na conta dessa vítima quando foi interpelado pela PSP.

Foram cumpridos os mandados de busca, tendo sido apreendidos 3.090 euros, duas viaturas de alta cilindrada e um telemóvel.

Os dois detidos foram presentes a tribunal, e foi decretado a um dos suspeitos aguardar julgamento em prisão preventiva e ao seu cúmplice o regime de apresentações semanais.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados