Bruxelas recomenda entrada da Croácia na zona euro

Agência Lusa , FMC
1 jun, 16:30
Ursula Von der Leyen e Chareles Michel  (NurPhoto/ Getty)

A Comissão Europeia conclui que o país reúne todas as condições para a adoção da moeda. A entrada estará prevista para 1 de janeiro de 2023

A Comissão Europeia recomendou esta quarta-feira ao Conselho a entrada da Croácia na zona euro a 1 de janeiro de 2023, após concluir que o país reúne todas as condições para a adoção da moeda única.

A posição do executivo comunitário consta do «Relatório de Convergência de 2022», adotado esta quarta-feria, que fornece uma avaliação dos progressos realizados pelos Estados-membros não pertencentes à área do euro no sentido da adoção da moeda única, e que constitui a base para a decisão do Conselho da UE sobre se um Estado-Membro preenche as condições para aderir à zona euro.

De acordo com o parecer da Comissão, “tendo em conta os fatores adicionais relevantes para a integração e convergência económicas, incluindo a evolução da balança de pagamentos e a integração dos mercados de produtos, de trabalho e financeiros”, a Croácia preenche as condições para a adoção do euro e tornar-se assim o 20º membro do espaço da moeda única.

Bruxelas aponta que “o Conselho [Ecofin] tomará as decisões finais sobre a adoção do euro pela Croácia na primeira quinzena de julho, após discussões no Eurogrupo e no Conselho Europeu, e depois de o Parlamento Europeu e o Banco Central Europeu terem emitido os seus pareceres”, mas sublinha que a avaliação de hoje marca “um passo crucial e histórico no percurso da Croácia rumo à adoção do euro”.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados