Rafael Ramos absolvido de acusações de injúria racial e ofensa

31 mar, 00:17
Rafael Ramos (Ricardo Moreira/Getty Images)

Lateral-direito português do Corinthians tinha sido acusado por Edenílson em maio de 2022

Rafael Ramos, lateral-direito do Corinthians, foi absolvido das acusações injúria racial e ofensa que incidiam sobre ele desde maio do ano passado.

Edenílson acusou o lateral português de lhe ter chamado «macaco» durante o jogo entre o Timão, então treinado por Vítor Pereira, e o Internacional, ex-equipa do médio que agora atua no Atlético Mineiro.

O caso seguiu para a Justiça e agora o jogador de 28 anos, que já tinha sido ilibado da acusação de injúria racial, viu também cair a segunda acusação de ofensa que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) manteve de pé depois de reconhecer que não havia indícios de injúria racial.

Rafael Ramos livra-se assim de uma multa de 20 mil euros (3,6 mil euros) e de uma potencial suspensão em número de jogos.

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados