Abel elogia Scolari: «Nunca vou esquecer a bandeirinha nas casas»

3 jul, 12:27
«Sou muito melhor treinador, mas como disse sou pior filho, pai, marido, tio. Não há dinheiro nenhum que recupere isso. Não imaginam a quantidade de vezes que me deitei à noite, na minha almofada, e chorei por não estar com as minhas filhas, chorei sozinho de saudades», Abel Ferreira, 31 de janeiro

Treinador do Palmeiras e técnico do Athletico Paranaense trocaram um abraço antes do duelo entre as duas equipas

Abel e Luiz Felipe Scolari trocaram um forte abraço antes do duelo entre o Palmeiras e o Athletico Paranaense, no sábado à noite.

No final da partida, o técnico da equipa paulista elogiou o antigo selecionador nacional, que acabou por orientar o Paranaense ao triunfo (2-0).

«Se o mundo tivesse pessoas como ele, estaria muito melhor. O abraço foi de gratidão, primeiro como jogador e segundo treinador, pois acho que é extremamente competente. Foi o último treinador campeão do mundo pelo Brasil, e a jogar bem», começou por dizer Abel, citado pelo Globoesporte.

«Muita gratidão como jogador, treinador e português que sou. Foi uma pessoa que mudou mentalidades sobre o torcer pela seleção [de Portugal]. Nunca vou esquecer a bandeirinha que ele pediu aos portugueses para colocarem nas suas casas para mostrarem apoio», acrescentou.

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados