James Bond, Homem-Aranha e as Doce: estes foram os heróis das salas de cinema este ano em Portugal

30 dez 2021, 20:37
Daniel Craig em "007 - Sem tempo para morrer"
Daniel Craig em "007 - Sem tempo para morrer"

Balanço do ano mostra uma ligeira subida no número de espectadores em relação a 2020. Filmes de animação e super-heróis continuam a ser os mais vistos

PUB

James Bond e Homem-Aranha foram os responsáveis pelos maiores sucessos de bilheteira em Portugal num ano marcado por confinamentos, máscaras e receio da covid-19 que afastaram muitas pessoas das salas de cinema.

No entanto, é preciso sublinhar que se nos números do ano o agente secreto interpretado por Daniel Craig está na frente, o mais certo é que em números globais venha a ser, rapidamente, ultrapassado pelo Homem-Aranha de Tom Holland. É que o filme do Homem-Aranha estreou apenas a 16 de dezembro e logo se tornou um sucesso mundial, sendo o primeiro a faturar mais de mil milhões de dólares desde 2019, de acordo com o estúdio da Sony.

PUB

Estes foram os dez filmes mais vistos nas salas de cinema de Portugal em 2021, de acordo com a tabela (provisória) de box-office disponibilizada esta quinta-feira pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA):

Filmes mais vistos Espectadores
1. 007 - Sem tempo para morrer 439.392
2. Homem-Aranha: Sem Volta a Casa 409.688
3. Velocidade Furiosa 9

376.812

4. Dune 204.712
5. Venom: Tempo de Carnificina 195.834
6. Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis 175.502
7. Eternals (Eternos) 173.146
8. O Esquadrão Suicida 162.170
9. Viúva Negra 127.361
10. Encanto 125.860
PUB
PUB
PUB

As tabelas dos mais vistos do ano são geralmente dominadas por filmes de animação e super-heróis, pelo que é sem surpresa que neste top-10 encontramos sobretudos filmes do universo Marvel e Disney.

Também é interessante ver como o pódio é ocupado por filmes que trazem personagens já conhecidas do público e que eram, à partida, apostas seguras dos estúdios: 2021 não foi um ano para correr riscos.

Apesar de estes serem números muito baixos de espectadores, podemos dizer que ficam um pouco acima dos números de 2020 - ano marcado pela covid-19 que impôs um rigoroso confinamento em março. No ano passado, o filme mais visto nos cinemas nacionais foi "1917", que teve pouco mais de 330 mil espectadores e, no top10, tínhamos três filmes como menos de 100 mil espectadores.

Desde que o ICA começou a contabilizar o box-office nacional, em 2004, o filme com mais espectadores é "Rei Leão" que, em 2019, conseguiu vender 1.281.657 bilhetes. Apenas outro filme, "Avatar", em 2009, conseguiu ter mais de um milhão de espectadores (1.207.749). 

PUB
PUB
PUB

Cantar "Bem Bom" com as Doce

Entre os filmes portugueses, "Bem Bom" realizado por Patrícia Sequeira, é o líder absoluto. A história do grupo musical dos anos 80 levou ao cinema 88.435 pessoas (isto sem contar todos os espectadores que, depois, viram a série na RTP ou na RTP Play). 

Apesar de ter estreado num ano conturbado, "Bem Bom" conseguiu colocar-se no 19º lugar entre os filmes portugueses mais vistos em sala desde 2004 - lista que é encabeçada por "O Pátio das Cantigas" que em 2015 teve mais de 608 mil espectadores.

"Bem Bom" deixou para trás, e a grande distância, filmes como "Irregular" de Diogo Morgado (com 14.986 bilhetes vendidos), "A Metamorfose dos Pássaros" de Catarina Vasconcelos (13.135 espectadores) e "Sombra" de Bruno Gasgon (11.600 espectadores).

Os números do cinema português são geralmente modestos mas este ano são particularmente baixos. A lista dos mais vistos inclui um grupo de sete filmes que tiveram entre mil e cinco mil espectadores e oito filmes que não chegaram sequer aos mil espectadores.

PUB
PUB
PUB

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados