Antigo presidente da F1 diz que "ainda levaria um tiro por Putin"

30 jun, 09:36
Chase Carey, Vladimir Putin e Bernie Ecclestone

Bernie Ecclestone diz ainda acreditar que o presidente russo "está a fazer o que é certo para a Rússia" e criticou Zelensky, dizendo que o presidente ucraniano não tem feito esforços suficientes para chegar a Vladimir Putin

O antigo presidente da F1 afirmou, esta quinta-feira, em entrevista ao programa "Good Morning Britain" da ITV, que Putin é uma "pessoa de primeira classe" e "sensível".

Na mesma entrevista, Bernie Ecclestone disse ainda acreditar que o presidente russo "está a fazer o que é certo para a Rússia", mantendo as declarações que já tinha feito em março deste ano.

"Continuaria a levar um tiro por Putin. Esperava que não doesse, mas continuava. Isto porque ele é uma pessoa de primeira classe. O que ele está a fazer é o que acredita ser melhor para a Rússia. Infelizmente, como muitas pessoas do mundo empresarial, como eu, nós cometemos erros de vez em quando. E quando cometes um erro, tens de dar o teu melhor para conseguir desfazê-lo", afirmou Ecclestone.

Bernie Ecclestone criticou ainda Volodymyr Zelensky, dizendo que o presidente ucraniano não tem feito esforços suficientes para chegar a Vladimir Putin.

"A outra pessoa na Ucrânia, entendo que a sua profissão costumava ser comediante e parece que quer continuar nessa profissão, porque se ele tivesse pensado sobre as coisas, definitivamente teria feito um grande esforço para falar com o senhor Putin, que é uma pessoa sensata, e que o teria ouvido e provavelmente poderia ter feito alguma coisa a respeito [da guerra]", afirmou o antigo patrão da F1, que garantiu que a morte de inocentes na Ucrânia "não foi intencional" por parte da Rússia.

Em março deste ano, quando questionado sobre o que pensava sobre a invasão russa da Ucrânia, Bernie Ecclestone defendeu a posição do amigo Vladimir Putin numa entrevista à 'Times Radio': "Como pessoa, acho-o muito direto e honrado. Disse exatamente o que ia fazer sem voltar atrás".

Europa

Mais Europa

Patrocinados