Benfica: a história dos 24 jogadores que venceram a Youth League

26 abr, 11:47
Salzburgo-Benfica, Youth League (Getty Images)

António Silva e Tomás Araújo foram totalistas, Luís Semedo terminou como melhor marcador encarnado

O Benfica colocou um ponto final na maldição, de forma inequívoca, aplicando uma impressionante goleada frente ao Salzburgo (6-0) na quarta final da UEFA Youth League que os encarnados disputaram.

Luís Castro, de 41 anos, foi o treinador que levou a fornada de talentos do Seixal ao título europeu. Natural de Moreira de Cónegos, o técnico iniciou a carreira com 25 anos e tem um longo historial nos escalões de formação, contando com passagens por Moreirense, AF Braga, Vizela, Al Nassr, V. Guimarães e Debreceni.

Antes de chegar ao Benfica, na temporada 2019/20, Luís Castro teve a primeira experiência no futebol sénior, passando de forma breve pelo Panetolikos da Grécia. Nesta segunda-feira, conquistou o primeiro título como técnico.

Ao longo da caminhada na Youth League, o treinador utilizou 24 jogadores. António Silva e Tomás Araújo foram totalistas na prova, enquanto Luís Semedo terminou como melhor marcador encarnado.

Luís Semedo marcou cinco golos, o trio formado por Pedro Santos, Diego Moreira e Martim Neto apontou quatro golos cada.

OS VENCEDORES DA YOUTH LEAGUE (TEMPO DE UTILIZAÇÃO NA PROVA):

António Silva: 900 minutos

Defesa-central de 18 anos, nasceu em Viseu e começou a jogar no Repesenses. Chegou ao Benfica em 2016. Na presente temporada, fez 11 jogos pelos sub-19, 20 pela equipa sub-23 e dois jogos pelo Benfica B.

Tomás Araújo: 900 minutos

Natural de Famalicão, o defesa-central de 19 anos passou por Operário Famalicão, Palmeiras e Evolution Soccer Academy antes de chegar ao Benfica, em 2016. Já fez três jogos pela equipa principal do clube encarnado, a que se somam 19 jogos pelo Benfica B, um pelos sub-23 e dez pelos sub-19.

Rafael Rodrigues: 899 minutos

Foi um dos jogadores de 2002 que participou nesta edição da Youth League. O lateral esquerdo deu os primeiros passos no Oliveira do Bairro, de onde é natural, antes de integrar a Casa do Benfica em Estarreja, aos oito anos. Mudou-se para o Seixal em 2014/15. Na atual temporada, tem dividido o tempo de utilização entre vários escalões, com 14 jogos na equipa B, nove nos sub-23 e 10 nos sub-19.

Martim Neto: 812 minutos

Primo de Pedro Neto, atualmente no Wolverhampton, o médio nasceu em Viana do Castelo há 19 anos e começou a jogar no Perspectiva em Jogo. Em 2014/15, alinhou na Casa do Benfica da Póvoa de Lanhoso, antes de integrar a formação dos encarnados. Leva 29 jogos na equipa B, dois ao serviço dos sub-23 e 10 nos sub-19. Nos juniores, marcou por quatro vezes.

João Tomé: 812 minutos

Natural de Lisboa, fez todo o percurso no Benfica, onde até começou mais adiantado no terreno antes de se fixar a lateral. Tem 19 anos e ainda não se estreou pela equipa B. Conta com 22 partidas no conjunto de sub-23, além de 10 participações nos sub-19.

Diego Moreira: 783 minutos

Filho de Almani Moreira, completa 18 anos apenas em junho e nasceu na Bélgica. Começou a jogar no Standard Liège, onde alinhava o pai no escalão sénior, em 2019/20 representou o Lierse Kempenzonen e, na temporada seguinte, mudou-se para o Benfica. Fez um jogo na II Liga, 15 pelos sub-23 e 24 no escalão de sub-19. Na presente edição da Youth League, o extremo encarnado marcou quatro golos.

Pedro Santos: 768 minutos

Extremo de 19 anos, nasceu em Aveiro e fez toda a formação nas águias. Estreou-se esta temporada na equipa B, com dois jogos, além de 19 participações nos sub-23 e 11 na equipa de juniores. Apontou quatro golos na Youth League.

Samuel Soares: 665 minutos

Outro dos jogadores que ocupou a vaga daqueles que completam 20 anos em 2022. Nasceu em Sintra e começou a jogar no União de Tires, antes de chegar ao Benfica em 2013/14. Além dos oito jogos pelos sub-19 e quatro ao serviço dos sub-23, já defendeu as redes encarnadas em nove partidas da II Liga.

Cher Ndour: 645 minutos

Médio italiano, nasceu em Brescia e completa 18 anos em julho. Representou a Atalanta e foi recrutado pelos encarnados em 2020. Tem tido mais utilização na equipa B (24 jogos), mas representou os sub-23 em três ocasiões, aos quais soma nove encontros nos juniores. Já marcou um golo na II Liga e terminou com três na Youth League.

Nuno Félix: 482 minutos

Natural de Portimão, o médio chegou ao Benfica em 2017. É figura habitual nos sub-19, com 19 partidas na atual temporada, embora tenha feito ainda oito jogos na Liga Revelação e três na II Liga.

Zan Jevsenak: 446 minutos

Médio esloveno, nascido em 2003, em Maribor. Chegou ao Seixal em 2019, oriundo do NK Bravo, e tem sido mais utilizado nos sub-23, onde leva 15 jogos. Tem ainda uma partida ao serviço da equipa B, além de oito participações nos sub-19.

Luís Semedo: 446 minutos

O avançado foi o melhor marcador do Benfica na Youth League, com cinco golos. Nasceu há 19 anos em Lisboa e sempre jogou nos encarnados. Atuou em nove jogos dos sub-19, mas é nos sub-23 que se tem destacado, com 12 golos em 21 partidas. Já alinhou por duas vezes na II Liga.

João Resende: 300 minutos

Nasceu em Guimarães, mas iniciou o percurso no Fafe. Em 2013/14, rumou à Casa do Benfica da Póvoa do Lanhoso, onde foi colega de Martim Neto. Mudou-se em 2015 para o V. Guimarães, destacou-se e seguiu para o Benfica quatro anos depois. Marcou dois golos nos nove jogos em que participou na Youth League, leva sete tentos em 11 jogos nos sub-23 e também já marcou duas vezes nas oito partidas em que vestiu a camisola da equipa B.

João Neves: 239 minutos

Nasceu em Tavira e só completa 18 anos em setembro. Com passado ligado apenas aos encarnados, ainda aguarda a estreia pela equipa B. O médio das águias soma 18 jogos pelos juniores e 12 ao serviço dos sub-23.

André Gomes: 233 minutos

Guardião inesperado quer na meia-final, quer na final, é natural de Ponte de Lima e ainda tem 17 anos. Começou a jogar na Academia de Futebol de Ponte de Lima, passou pela Casa do Benfica da Póvoa de Lanhoso em 2015/16 e chegou na época seguinte ao Seixal. Soma 12 jogos na Liga Revelação e 11 nos sub-19.

Henrique Araújo: 178 minutos

O avançado madeirense, nascido em 2002, ocupou a vaga deixada em aberto após a expulsão de Samuel Soares na meia-final, diante da Juventus. Começou a jogar no Andorinha e passou seis anos no Marítimo, antes de rumar ao Continente, em 2018. Fez apenas dois jogos pelos sub-19, diante de Midtjylland e Salzburgo, nos quais apontou três golos, todos na final da Youth League. É o melhor marcador da equipa B, com 14 golos e 24 jogos. Já se estreou na formação principal do Benfica, onde fez cinco jogos e apontou um golo.

Ronaldo Camará: 91 minutos

O médio que nasceu em Bissau saiu do Benfica para reforçar o Monza (Itália). Antes, porém, ainda defrontou Dínamo Kiev e Barcelona na Youth League. Ronaldo Camará jogou no Atlético Povoense e no Sporting antes de chegar ao Benfica, em 2015. Saiu no final de janeiro de 2022.

Martim Ferreira: 72 minutos

Ala direito de 18 anos, Martim Ferreira nasceu em Cascais e ainda representou o Estoril antes de rumar ao Benfica, em 2017. O lateral tem dividido o seu tempo entre as equipa sub-19 (20 jogos) e sub-23 (nove jogos) do clube encarnado na época 2021/22.

Franculino Djú: 47 minutos

O avançado nasceu na Guiné-Bissau, há 17 anos, e jogou no Clube Desportivo dos Olivais e Moscavide antes de chegou ao Benfica, na época 2019/20. Apresenta um registo goleador pelos sub-19 na presente temporada (26 golos em 28 jogos) e fez ainda dois jogos pela equipa sub-23.

Ricardo Marques: 43 minutos

O extremo de 18 anos, natural do Funchal, passou por Andorinha e Marítimo e está no Benfica desde 2017. É um dos jogadores mais utilizados na equipa sub-19, com 12 golos em 33 jogos. Ricardo Marques fez ainda um jogo (e um golo) pela equipa sub-23 dos encarnados.

Rodrigo Matos: 37 minutos

Natural de Faro, o extremo começou a jogar na Associação Escola de Futebol, passando por Benfica de Loulé, Farense, Sporting e Louletanto até chegar ao Benfica, em 2018. Na presente temporada, Rodrigo Matos joga pelos sub-23 (oito jogos) e sub-19 (15 jogos).

João Neto: 17 minutos

O médio de 18 anos nasceu no Brasil e trocou o Corinthians pelo Sp. Braga em 2014. Jogou pelos arsenalistas e pelo Palmeiras FC antes de rumar ao Famalicão, em 2019, apresentando já um registo de nove jogos na Liga. Está no Benfica por empréstimo do Famalicão, tendo disputado 11 jogos pela equipa B, dois pelos sub-23 e outros dois pelos sub-19.

Diogo Spencer: 17 minutos

O lateral direito de 18 anos começou a jogar no Sacavenense e passou ainda por CA Cultural e Amadora FC. Chegou ao Benfica em 2017. Na presente temporada, tem um registo de 21 jogos pelos sub-19 e uma presença na equipa sub-23. Foi suplente utilizado nos dois duelos com o Bayern Munique, na fase de grupos.

Hugo Félix: 16 minutos

O irmão de João Félix, nascido em Viseu, tem 18 anos e fez quatro jogos como suplente utilizado na Youth League, entrando sempre na reta final dos encontros. O médio começou n’Os Pestinhas, passou pelo FC Porto, jogou pela Casa do Benfica de Viseu e chegou ao clube encarnado em 2016. Em 2021/22, soma cinco jogos pelos sub-23 e 31 pela equipa sub-19.

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados