Rui Costa e as contas do Benfica: «Privilegiámos a vertente desportiva»

30 set, 23:10
Rui Costa

Presidente do Benfica falou na assembleia geral do clube para explicar as contas negativas

O presidente do Benfica, Rui Costa falou esta sexta-feira na assembleia geral do clube para justificar os resultados negativos, afirmando que os encarnados optaram por «dotar as equipas de uma maior qualidade».

«Apresentamos, como é sabido, resultados negativos. Mas como vos prometi nesta mesma sala, privilegiámos a vertente desportiva, nunca perdendo de vista a solidez económica do clube», explicou o dirigente de 50 anos.

«Estamos certos que dotámos as nossas equipas de uma maior qualidade, aumentando a sua competitividade. O início de época da nossa equipa de futebol, as sete Supertaças conquistadas neste início de época, a entrada na Liga dos Campeões no basquetebol, a presença na Liga dos Campeões da nossa equipa de futebol feminino e as conquistas dos nossos atletas olímpicos são prova disso mesmo. Ainda que estando numa fase embrionária da temporada, os sinais são positivos, mas também sabemos que ainda há muito para fazer», acrescentou.

Na AG, os sócios do Benfica votaram e aprovaram o relatório de gestão do exercício de 2021/22 com 72,73 por cento dos votos a favor, 17,60 contra e 9,67 por cento abstenções. Votaram 390 associados.

Recorde-se que o Benfica (clube) apresentou um prejuízo de 23,6 milhões de euros em 2021/22, enquando a SAD encarnada apresentou um balanço negativo de 35 milhões de euros no relatório e contas. As contas da sociedade anónima desportiva foram aprovadas na véspera.

(artigo atualizado)

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados