A história dos adeptos do Benfica que se fizeram sócios do Brugge (e nem assim vão ao jogo)

11 fev 2023, 10:36
Benfica-Standard Liège (José Sena Goulão/LUSA)

Através das redes sociais circulou uma informação de como rapidamente e a partir de casa toda a gente podia tornar-se sócia do clube belga e comprar um bilhete para ir ver o jogo dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O problema é que o Club Brugge achou estranho e descobriu tudo...

Milhares de adeptos do Benfica tentaram comprar bilhetes para o Club Brugge-Benfica, da próxima quarta-feira, na primeira mão dos oitavos de final a Liga dos Campões, fazendo-se passar por sócios do clube belga.

No entanto, os responsáveis do Club Brugge, que joga em casa, estranharam esta movimentação massiva e acabaram por cancelar esses mesmos ingressos que os benfiquistas já tinham adquirido para vários setores destinados aos apoiantes da equipa da casa.

Recorde-se que o estádio Jan Breydel, em Brugge, tem capacidade para cerca de 30 mil pessoas, ou seja, cinco por cento desse número corresponde, aproximadamente, aos 1700 bilhetes que o Benfica disponibilizou para os seus sócios e adeptos.

Um adepto que preferiu não ser identificado contou ao Maisfutebol o que levou a tentar comprar bilhete por esta via alternativa, uma vez que os 1700 ingressos destinados aos adeptos do Benfica, de acordo com o regulamento da UEFA, esgotaram em poucas horas.

«O pessoal encontrou uma brecha no sentido de se conseguir fazer sócio do Clube Brugge e comprar os bilhetes e assim foi. Começámos a fazer esse processo de inscrição de sócio, que é rápido através do site deles, e pagámos 50 euros só pela inscrição. Depois, tínhamos de solicitar o ID, que na prática é o número de sócio deles, tudo online e rápido, e em seguida cada um podia comprar cinco bilhetes de sócio», começa por dizer. 

«E foi o que fizemos, sei de pelo menos umas trinta pessoas que já tinham bilhetes assim, impressos e tudo, com os nomes, prontos a entrar no estádio.»

O bilhete adquirido via internet depois de feita a inscrição como sócio do Brugge

Só que a tentativa alternativa não teve o fim desejado.

«Posteriormente, o Club Brugge deve ter achado estranha a movimentação e começou a cancelar tudo. Depois, devolveram o dinheiro, tanto dos registos de sócios, como dos bilhetes já comprados. Quando eu fui fazer a compra, pelo menos um setor já estava esgotado, além do que estava destinado para os adeptos do Benfica», acrescenta.

«O pessoal já estava a começar a comprar bilhetes para um segundo setor, além dos dois que o Club Brugge é obrigado disponibilizar para o Benfica. Falava-se entre 5000 a 7000 adeptos que tentaram comprar bilhete através deste sistema.»

Se esta operação funcionasse, os adeptos do Benfica espalhar-se-iam por vários setores do estádio, num dos topos, formando uma onda vermelha que ia muito além das zonas reservadas exclusivamente para os adversários no recinto do Club Brugge.

A mensagem do Club Brugge, via e-mail, a indicar o cancelamento do bilhete

Este adepto faz parte de um grupo de amigos que tinha já a viagem de avião marcada desde novembro, altura em que foi conhecido o adversário do Benfica nos oitavos de final da Liga dos Campeões. Só depois procuraram tratar da questão da entrada no estádio. Agora, e uma vez que o bilhete que tinha comprado acabou por ser cancelado pelo Club Brugge, desistiu de ir à Bélgica. 

Ainda assim, espera-se uma invasão de benfiquistas, provenientes de vários pontos da Europa.

«Eu não vou, mas desse grupo, cerca de 20 ou 30 garantidamente vão sem bilhete. Acredito que muitos mais irão também nessa situação, porque muitos já tinham as viagens, de ida e de volta, e as estadias pagas», conta.

O Benfica colocou os bilhetes à venda, através dos meios oficiais, no dia 6 de dezembro, e, nesse mesmo dia, menos de uma hora depois, emitiu uma nota a informar que já tinham esgotado. O entusiasmo para ver a equipa encarnada nos oitavos de final da Liga dos Campeões é enorme, muito devido à euforia pela excelente fase de grupos realizada.

Benfica

Mais Benfica

Mais Lidas

Patrocinados