David Neres: lançado por ex-Benfica, brilhou no Ajax e agora tenta sorrir na Luz

20 jun, 20:43
David Neres (Getty Images)

Internacional brasileiro atua estreou-se profissionalmente pela mão de Ricardo Gomes no São Paulo em 2016. Em janeiro do ano seguinte foi contratado pelo Ajax, onde perdeu um lugar no onze para outro esquerdino brasileiro

Num espaço de 13 minutos, o Benfica confirmou nesta segunda-feira aos mercados duas transferências. A saída de Everton para o Flamengo e, a seguir, a reposição dele por outro internacional canarinho: David Neres, contratado ao Shakhtar por 15,3 milhões de euros.

Formado no São Paulo, Neres estreou-se profissionalmente por esta equipa em outubro de 2016: tinha 19 anos e a imprensa desportiva dirigiu-se palavras elogiosas após ter sido lançado, diante do Fluminense, pela mão de Ricardo Gomes. Esse mesmo: o antigo defesa-central do Benfica.

Trinta minutos convincentes permitiram-lhe saltar para a titularidade e o jovem esquerdino terminou o ano com oito jogos (todos no Brasileirão), sete deles a titular, e três golos.

Em janeiro de 2017, o Ajax chegou-se à frente e levou para os Países Baixos aquele tecnicista que era visto como a maior promessa de Cotia, o centro de treinos do São Paulo. Por ele pagou 15 milhões de euros.

Neres esteve cinco épocas e meia no emblema de Amesterdão e foi nesse período que obteve as sete internacionalizações que tem pela seleção brasileira: todas em 2019.

A segunda e terceira épocas no Ajax foram as melhores: em 2017/18 terminou a campanha com 14 golos e mais de uma dezena de assistências em 37 jogos e em 2018/19 ajudou somou 12 golos e 12 assistências em 50 partidas, tendo ajudado o conjunto neerlandês a chegar às meias-finais da Liga dos Campeões.

Neres era uma das estrelas da equipa e fazia a diferença quase sempre a partir do corredor direito mas também pelo flanco oposto e por essa altura já era apontado para outros voos. Ainda no final de 2017, o site italiano Calcio Mercato deu conta de que o jovem futebolista era cobiçado por Juventus, Milan, Manchester United, Tottenham e Arsenal.

Nos últimos tempos em Amesterdão, o extremo canarinho foi perdendo gradualmente peso na equipa. Para isso em muito contribuiu (também) uma lesão sofrida no menisco de um joelho num jogo diante do Chelsea em novembro de 2019 para a Champions (4-4), que o afastou dos relvados até ao fim da época. Quando voltou, já em 2020/21, o recém-chegado Antony (um prodígio, também ele esquerdino e produto do São Paulo) era o dono da posição dele.

A passagem de David Neres pelo Ajax chegou ao fim em janeiro deste ano, quando o Shakhtar, ainda longe (mas tão perto) de se imaginar que a Ucrânia seria invadida pelas tropas russas, contratou-o ao Ajax por 15 milhões de euros: nem um jogo chegou a fazer.

Agora, anos depois de se ter exibido ao mais alto nível nos Países Baixos, Neres procura «renascer» num outro histórico do futebol europeu: o Benfica. Aos 25 anos (feitos em março), ainda vai perfeitamente a tempo.

Como joga David Neres:

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados