Refresque a sua rotina com esta bebida de Verão

CNN , Casey Barber
13 jul, 16:00
Chá gelado

O chá gelado parece ser perfeito para o calor intenso. Eis como pode prepará-lo em casa – de várias formas

Você está a meio do dia e a aceleração matinal da cafeína já se perdeu para um ritmo lento. Está a começar a perder energia mas não quer outra chávena turbo de café. Por que não escolher um copo refrescante de chá gelado?

"É um maravilhoso ‘levanta-me’, mas não ao ponto de não conseguir dormir nessa noite", diz Annelies Zijderveld, autora do livro “Steeped: Recipes Infused With Tea” [à letra: “Receitas Infusas com Chá"].

Chá gelado com limão é a forma perfeita de saciar a sede naqueles dias de Verão de muito calor.

À medida que o calor e a humidade aumentam, o chá gelado parece ser o antídoto perfeito para o tempo pegajoso. Em primeiro lugar, um rápido ensinamento sobre o chá: “O chá em geral vem da planta camelia sinensis", explica Zijderveld. “As variedades vêm da forma como o chá é processado e durante quanto tempo”.

O chá preto é o mais processado e o que tem mais cafeína; o chá verde é menos processado e o mais leve em cafeína, e o chá branco é o menos processado.

Os chás de ervas, por outro lado, não são tecnicamente “chá” porque não são feitos de folhas de camelia sinensis - e a maioria deles não contém cafeína. O chá de camomila, por exemplo, é feito de flores de camomila, e o chá de hortelã é feito de folhas de hortelã. “Chamamos-lhe tisana ou infusão”, diz Zijderveld, para diferenciar os dois tipos de bebidas.

Enquanto é possível fazer chá gelado a partir de qualquer variedade de chá ou tisana, Zijderveld recomenda duas técnicas para fazer o chá frio mais saboroso. Com qualquer um destes métodos, pode-se brincar com diferentes combinações de sabores, tais como chá verde e chá de menta, chá de hibisco e chá de rooibos, chá preto e chá de citrinos ou chá de jasmim e chá de oolong.

Como fazer um concentrado de chá gelado

O concentrado de chá gelado é simplesmente uma bebida mais forte que pode ser diluída a seu gosto, semelhante a um concentrado de café frio que pode ser cortado com água ou derramado sobre gelo. Este método garante que o seu chá gelado não terá um sabor demasiado fraco ou aguado quando o gelo do seu copo começar a derreter.

Para fazer chá concentrado, basta usar o dobro da quantidade de chá de folhas soltas ou do número de saquinhos de chá do que normalmente usaria ao fazer chá quente. Se normalmente usa um saquinho de chá por 35 centilitros de água fluida, use dois saquinhos para um concentrado mais forte. Os concentrados também podem ser aumentados para quantidades maiores.

Para servir, pode-se deitar o concentrado diretamente sobre gelo e deixar diluir o chá à medida que derrete ou diluir ainda mais o concentrado com água ou leite para um latte de chá. Comece com uma proporção 1:1 de concentrado de chá para água ou leite e ajuste ao seu gosto.

Como fazer uma infusão de chá frio

Na mesma linha do café frio, uma infusão de chá frio é um método manual que pode ser feito com qualquer chá ensacado ou de folhas soltas.

As infusões frias são “muito menos tânicas e com sabor de chá muito suave”, segundo Zijderveld, porque não há calor envolvido e o chá evolui a um ritmo lento.

O chá verde é menos processado do que o chá preto e também é mais leve em cafeína.

Para uma infusão de chá frio, encher um frasco com água fria e adicionar sacos de chá ou chá de folhas soltas, que podem ser guardados num bule de chá ou num recipiente reutilizável para facilitar o esforço. A minha proporção preferida é dois saquinhos de chá, ou duas colheres de chá preto solto, por litro de água, mas a quantidade pode ser ajustada para chás de sabor mais delicado, tais como jasmim ou chá branco. Sele o frasco e refrigere durante pelo menos seis horas ou durante a noite para deixar o chá infundir-se.

Embora possa parecer mais rápido e simples deixar o chá infundir-se no balcão à temperatura ambiente ou ao sol, é um risco potencial para a segurança alimentar, de acordo com os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA. “O único tipo de chá gelado que nunca defendo é o chá do sol”, ironiza Zijderveld. “Este é o único tipo de método do qual penso que é melhor ficar longe” devido à possibilidade de as bactérias crescerem na água morna à medida que o chá se infunde.

Deixar o chá infundir-se no frigorífico durante a noite, em vez de no balcão à temperatura ambiente ou ao sol, mantém a temperatura da água numa zona segura para as bactérias abaixo dos cerca de 4 graus Celsius.

Agora que tem o seu chá gelado ideal, pode certamente bebê-lo diretamente. Ou pode utilizá-lo numa variedade de bebidas, sobremesas e até mesmo em pratos saborosos.

Bebidas de chá

A mais famosa bebida de chá gelado (depois do simples chá doce) tem de ser o Arnold Palmer. Uma combinação metade-metade de chá preto gelado e limonada, é fácil de fazer de raiz e presta-se a uma série de variações. Troca-se a limonada normal por uma versão infusa de fruta, ou adiciona-se um salpico de uma bebida alcoólica para animar a bebida. Adicionar vodka para fazer um John Daly, ou fazer um Pimm's Palmer com o licor britânico Pimm's No. 1 (que é à base de gin).

Outra bebida de baixo teor alcoólico com uma fórmula simples de meio e meio é o shandy, um cocktail que tradicionalmente mistura cerveja com refrigerante de limão ou limonada cintilante. Para uma bebida mais frutada, pense rosa e misture uma cerveja frutada ou cerveja amarga com o ácido chá de hibiscus para fazer um hibiscus shandy.

Há também uma maneira de tomar chá gelado ao pequeno-almoço. No seu livro "Steeped", Zijderveld apresenta smoothies que misturam fruta fresca e gelo com chá no lugar de leite, sumo ou iogurte. Experimente chá verde no seu smoothie verde favorito ou chá de pequeno-almoço inglês suave num smoothie de bagas doces.

Sobremesas de chá

Uma das formas preferidas de Zijderveld de transformar chá gelado numa sobremesa de Verão é fazer pops de gelo caseiros. Ela recomenda um concentrado de hibisco adoçado como base, porque "ninguém diz que o chá doce tem de ser chá preto tradicional", diz ela. "É um regalo refrescante da tarde que não tem cafeína e o hidrata". Se as suas formas pop são suficientemente grandes para acomodar pedaços de fruta, ela recomenda a adição de mirtilos, framboesas, ou pêssegos fatiados.

Pode beber chá gelado puro ou misturá-lo com uma variedade de bebidas, sobremesas e até mesmo pratos.

A água não é o único líquido que se pode infundir com o chá. O leite, as natas e até mesmo o iogurte vão adquirir sabores de chá quando infundidos. O sabor distintamente floral de bergamota de chá Earl Grey infunde as natas nas tortas Earl Grey panna cotta, e um chai baunilla brûlée incorpora os sabores quentes e condimentados do chai.

Receitas de chá saborosas

É possível fazer uma refeição inteira com elementos de chá. Deixe o seu frango (ou costeleta de porco) “beber” chá para lhe dar mais sabor e humidade com uma salmoura de chá doce. A salmoura não é apenas para perus de Natal, mas para qualquer corte fino de carne que tenha a tendência de se tornar seca e demasiado cozida.

Assim que o seu frango em salmoura estiver cozido, termine com um glacê de chá doce e pegajoso feito através da infusão de sumo e mel com chá. Para completar a refeição, sirva com uma salada salpicada por um vinagrete com infusão de chá, como um molho de mostarda de mel de lapsang fumado ou um molho de mel de camomila.

 

Casey Barber escreve sobre alimentos, é ilustradora e fotógrafa; é autora de livros como "Pierogi Love: New Takes on an Old-World Comfort Food" e editora do website Good. Food. Stories.

 

Gastronomia

Mais Gastronomia

Na SELFIE

Patrocinados