Descida de juros volta a travar, mas prestação a pagar ao banco vai diminuir

1 abr, 07:00
Imobiliário (Associated Press)

Depois de em janeiro as taxas Euribor terem descido a 3, 6 e 12 meses, em fevereiro e março o comportamento alterou-se. Em março, a taxa média mensal a três meses manteve-se inalterada face a fevereiro, no prazo a seis meses houve uma redução e a 12 meses houve mesmo uma subida. Ainda assim, quem tem crédito à habitação a ser revisto em abril deverá registar uma ligeira diminuição da prestação a pagar ao banco. Confira o seu caso

A incerteza sobre quando é que o Banco Central Europeu (BCE) irá começar a descer as suas taxas diretoras está a levar a que as taxas Euribor tenham interrompido o movimento de descida iniciado no princípio do ano. Em março, o comportamento destas taxas foi mesmo diferente para cada uma das principais maturidades, com a taxa a três meses a ficar inalterada em relação a fevereiro, a taxa a seis meses a diminuir e a taxa a 12 meses a registar uma ligeira subida.

Apesar deste comportamento das Euribor, os detentores de contratos de crédito à habitação cujo contrato seja revisto em abril deverão registar uma ligeira descida da prestação a pagar ao banco. Uma descida que acontece porque, por um lado, a média mensal da Euribor de março que serve de base à revisão de abril vai ser comparada com a taxa em vigor desde a última revisão, ou seja, a média de dezembro de 2023 nos contratos indexados à Euribor a 3 meses, a média de setembro de 2023 nos contratos indexados à Euribor 6 meses e a média de março de 2023 nos contratos indexados à Euribor 12 meses. E por outro lado, porque para além da comparação das taxas de juro há ainda a considerar que o montante em dívida também diminui ao longo do período considerado.

As simulações feitas pela CNN Portugal com base no simulador do Banco de Portugal permitem verificar que em todos os prazos há uma diminuição da prestação a pagar ao banco. No caso dos contratos indexados à Euribor 3 e 6 meses para além da diminuição do montante em dívida, há também uma redução da taxa de juro de que resulta uma diminuição da prestação. E nos contratos indexados à Euribor 12 meses, apesar de haver uma ligeira subida da taxa de juro entre março do ano passado e março deste ano, a diminuição do capital em dívida é suficiente para que haja uma redução da prestação.

Assim, num contrato de 150 mil euros, a 30 anos, indexado à Euribor 12 meses e com um spread (margem do banco) de 1%, a prestação nos últimos 12 meses foi de 773 euros. Em abril, irá pagar 763 euros, uma descida de 10 euros que é totalmente justificada pelo facto de o capital em dívida ser, passado um ano, de pouco mais de 147.600 euros. Caso a comparação seja feita sem a redução do capital em dívida, a prestação sofre um aumento em resultado da subida da taxa de juro.

Veja o seu caso:

Quanto já aumentou e como vai evoluir em abril a prestação da casa 

Empréstimo a 30 anos com spread de 1%

 

EURIBOR A 3 MESES

  Empréstimo de 25 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 118,07  
Julho de 2023 126,65 8,58
Outubro de 2023 131,28 4,63
Janeiro de 2024 131,59 0,31
Abril de 2024 130,95 -0,64
Aumento face há um ano   12,88

 

  Empréstimo de 50 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 236,15  
Julho de 2023 253,29 17,14
Outubro de 2023 262,55 9,26
Janeiro de 2024 263,17 0,62
Abril de 2024 261,91 -1,26
Aumento face há um ano   25,76

 

  Empréstimo de 75 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 354,22  
Julho de 2023 379,94 25,72
Outubro de 2023 393,83 13,89
Janeiro de 2024 394,76 0,93
Abril de 2024 392,86 -1,90
Aumento face há um ano   38,64

 

  Empréstimo de 100 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 472,30  
Julho de 2023 506,58 34,28
Outubro de 2023 525,10 18,52
Janeiro de 2024 526,34 1,24
Abril de 2024 523,81 -2,53
Aumento face há um ano   51,51

 

  Empréstimo de 125 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 590,37  
Julho de 2023 633,23 42,86
Outubro de 2023 656,38 23,15
Janeiro de 2024 657,93 1,55
Abril de 2024 657,77 -0,16
Aumento face há um ano   67,40

 

  Empréstimo de 150 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 708,45  
Julho de 2023 759,88 51,43
Outubro de 2023 787,65 27,77
Janeiro de 2024 789,51 1,86
Abril de 2024 785,72 -3,79
Aumento face há um ano   77,27

 

EURIBOR A 6 MESES

  Empréstimo de 25 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 123,23  
Outubro de 2023 133,54 10,31
Abril de 2024 130,55 -2,99
Aumento face há um ano   7,3

 

  Empréstimo de 50 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 246,47  
Outubro de 2023 267,09 20,62
Abril de 2024 261,1 -5,99
Aumento face há um ano   14,6

 

  Empréstimo de 75 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 369,7  
Outubro de 2023 400,63 30,93
Abril de 2024 391,65 -8,98
Aumento face há um ano   22,0

 

  Empréstimo de 100 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 492,94  
Outubro de 2023 534,18 41,24
Abril de 2024 522,2 -11,98
Aumento face há um ano   29,3

 

  Empréstimo de 125 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 616,17  
Outubro de 2023 667,72 51,55
Abril de 2024 652,75 -14,97
Aumento face há um ano   36,6

 

  Empréstimo de 150 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 739,4  
Outubro de 2023 801,27 61,87
Abril de 2024 783,3 -17,97
Aumento face há um ano   43,9

 

EURIBOR A 12 MESES

  Empréstimo de 25 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 128,86  
Abril de 2024 127,89  
Aumento face há um ano   -1,0

 

  Empréstimo de 50 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 257,53  
Abril de 2024 255,78  
Aumento face há um ano   -1,7

 

  Empréstimo de 75 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 386,59  
Abril de 2024 383,66  
Aumento face há um ano   -2,9

 

  Empréstimo de 100 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 515,46  
Abril de 2024 511,55  
Aumento face há um ano   -3,9

 

  Empréstimo de 125 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 644,32  
Abril de 2024 639,44  
Aumento face há um ano   -4,9

 

  Empréstimo de 150 mil euros
  Pagava Variação
Abril de 2023 773,19  
Abril de 2024 763,23  
Aumento face há um ano   -10,0

 

NOTA 1 | O que são as taxas Euribor

Euribor é a abreviatura de Euro Interbank Offered Rate. As taxas Euribor baseiam-se nas taxas de juro que um conjunto de bancos europeus está disposto a pagar para emprestar dinheiro uns aos outros. No cálculo, os 15% mais altos e mais baixos de todas as cotações recolhidas são eliminados. As restantes taxas são calculadas como média e arredondadas a três casas decimais. O valor das taxas Euribor é determinado e publicado diariamente. Existem cinco taxas Euribor diferentes, todas com diferentes maturidades (uma semana, um mês, três meses, seis meses e 12 meses).

NOTA 2 | O BCE tem três taxas de juro de referência:

- A taxa das principais operações de refinanciamento, sob a qual os bancos podem contrair empréstimos junto do BCE pelo prazo de uma semana: está nos 4,50%, mas esteve fixada em zero entre março de 2016 e julho do ano passado;

- A taxa de depósito, que determina os juros que os bancos recebem pelos depósitos realizados junto do BCE: está em 4%. Mas entre julho de 2012 e junho de 2013 era de zero. E entre junho de 2013 e julho do ano passado era negativa, obrigando os bancos a pagar pelos depósitos que faziam no BCE;

- E a taxa de cedência de liquidez, que determina o juro que os bancos pagam quando contraem empréstimos junto do BCE pelo prazo de um dia (overnight). Está atualmente em 4,75%.

Relacionados

Dinheiro

Mais Dinheiro

Mais Lidas

Patrocinados