Basquetebol: FC Porto volta a vencer Sporting e está a um jogo da final

24 mai, 21:12

Equipa de Moncho López venceu segundo jogo por uma diferença de três pontos (74-71) e pode decidir play-off no Pavilhão João Rocha na próxima quinta-feira

A equipa de basquetebol do FC Porto voltou a bater o Sporting no Dragão Arena, no segundo jogo da meia-final do play-off de campeão e pode carimbar a qualificação para a final, já na próxima quinta-feira, no primeiro jogo no Pavilhão João Rocha. Depois de ter vencido o primeiro jogo de forma confortável, por 87-68, os leões deram mais luta neste segundo jogo, estiveram várias vezes em vantagem, mas acabaram por consentir um segundo desaire, com um final muito emocionante, desta vez por uma diferença de apenas três pontos (74-71).

Com o Dragão Arena praticamente cheio, com o presidente Pinto da Costa nas bancadas, Morrison somou os dois primeiros pontos para o FC Porto, mas logo a seguir o Sporting assumiu o comando, chegando a contar com uma vantagem de sete pontos (18-11), com Travante Williams, com um triplo, em plano destaque.

No entanto, o FC Porto reagiu e reduziu a diferença para quatro pontos no final do primeiro período (14-18) e entrou bem mais forte no segundo, liderado por Francisco Amarante, acabando por virar o resultado, chegando ao intervalo já a vencer por 34-32.

O equilíbrio, que já era evidente no final do segundo período, acentuou-se no terceiro, com muitas quezílias em campo, sem que a diferença no marcador ultrapassasse os dois pontos. Provocações, toques e empurrões, levaram os árbitros a interromper o jogo para analisar as imagens que resultaram numa série de consequências disciplinares: faltas desqualificantes para António Monteiro e João Fernandes, do lado do Sporting, e para Rashard Odomes do lado do FC Porto. Houve ainda uma falta técnica assinalada a Moncho López e outra a Jonathan Arledge.

No caminho para os balneários, António Monteiro - curiosamente, antigo jogador portista - e um elemento do staff do Sporting fizeram gestos obscenos na direção dos adeptos do FC Porto.

Retomado o jogo, o jogo prosseguiu equilibrado, com a diferença pontual a variar entre um e dois pontos, até o FC Porto distanciar-se com dois triplos consecutivos de Brad Tinsley, chegando ao final do terceiro período a vencer por uma diferença de oito pontos (59-51).

Nos últimos dez minutos, o FC Porto, mais certeiro, disparou rapidamente para uma diferença de dez pontos, a maior até aqui, mas a equipa de Luís Magalhães ainda reagiu, nos últimos cinco minutos, e até chegou a reduzir a diferença para apenas três pontos, mas depois perdeu Travante, por faltas, e foi o conjunto de Moncho López que teve a última palavra e venceu por 74-71. No último lance do jogo, os leões, com posse de bola, ainda tiveram a oportunidade de empatar o jogo, mas a bola bateu no aro, Pinto da Costa levantou os braços e o FC Porto festejou o segundo triunfo.

O play-off prossegue, agora, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, com o terceiro jogo, que pode ser decisivo, marcado já para a próxima quinta-feira (19h30).

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados