Turquia
Finalizado
3 - 1
Geórgia

AVS: Luís Silva suspenso preventivamente por alegados insultos racistas

24 mai, 13:05
AVS

Médio pode ficar de fora dos jogos de play-off de acesso à I Liga

Luís Silva, médio do AVS SAD, foi suspenso preventivamente por insultos alegadamente racistas no decorrer da derrota diante do Tondela (0-1), na última jornada da II Liga, segundo revela o comunicado do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Fonte conhecedora do processo confirmou, entretanto, à Lusa a suspensão automática do jogador de 31 anos, devido às expressões consideradas racistas direcionadas ao jogador sul-africano Yaya Sithole, que motivaram a sua expulsão, aos 90+5 minutos do embate da 34.ª jornada do segundo escalão.

Em comunicado, o CD da FPF dá conta da instauração do processo, com caráter de urgência, sem detalhar o motivo, determinando que a suspensão preventiva não pode prolongar-se por mais de dois jogos oficiais.

A mesma fonte contactada pela Lusa confirmou ainda que o processo já foi remetido para a Comissão de Instrutores (CI) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

Desta forma, Luís Silva pode falhar os embates do AVS SAD, terceiro classificado da II Liga, frente ao Portimonense, 16.º e antepenúltimo da II Liga, no sábado, em Portimão, e, no dia 2, na Vila das Aves, no play-off de acesso ao principal escalão.

De acordo com o artigo 159.º do Regulamento Disciplinar da LPFP, «os jogadores que tenham comportamentos que atentem contra a dignidade humana, em função da raça, cor, língua, religião, origem étnica, género ou orientação sexual, são punidos com a sanção de suspensão a fixar entre o mínimo de dois meses e o máximo de dois anos e, acessoriamente, com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 25 UC e o máximo de 125 UC [entre 2520 e 12.750 euros; 102 por cada unidade de conta]».

 

Relacionados

Patrocinados