5G: Meo já pagou licenças e Anacom poderá emitir direitos de utilização de frequências em breve

Agência Lusa , DCT
7 dez 2021, 17:04
5G

Esta foi a última das seis operadoras que participaram no leilão 5G a efetuar o pagamento dos valores devido ao espectro ganho

A Meo já pagou as licenças 5G e a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) já aprovou o projeto de decisão sobre a emissão do título dos direitos de utilização de frequências (DUF), aguardando agora a resposta da operadora.

De acordo com o presidente da entidade reguladora, João Cadete de Matos, que falava num encontro com jornalistas, a Meo, do grupo Altice Portugal, pagou as licenças na segunda-feira.

Esta foi a última das seis operadoras que participaram no leilão 5G a efetuar o pagamento dos valores devido ao espectro ganho. Na sequência do pagamento, a Anacom aprovou o projeto de decisão à emissão do título dos DUF.

Agora a Meo/Altice Portugal tem 10 dias para responder ao projeto de decisão, para que a Anacom analise a resposta e emita os DUF.

Quanto mais rápida for e dispensar de utilizar os 10 dias, mais depressa a operadora do grupo Altice Portugal inicia a comercialização da tecnologia 5G.

Os DUF do leilão 5G foram atribuídos à Dense Air, Dixarobil Telecom, Meo (Altice Portugal), NOS, Nowo Communications e Vodafone Portugal.

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados