675 milhões de euros. Autoridade da Concorrência aplicou multas a seis cadeias de retalho alimentar mas nenhuma foi paga

25 set, 13:38
Inflação, preços, economia, supermercado, compras. Foto: Armando Franca/AP

Total das coimas aplicadas é de 675 milhões de euros. Grupos optam por contestar as acusações no tribunal

A Autoridade da Concorrência aplicou coimas a seis cadeias de retalho alimentar e nove fornecedores, fruto de buscas realizadas em 2016 e 2017.

No entanto, desde dezembro de 2020 que nenhuma multa foi paga, tendo todos os grupos optado por contestar as acusações em tribunal.

A concertação de preços no retalho resultou em coimas de 675 milhões em menos de dois anos.

Em causa estão práticas comerciais em que vários operadores de mercado alinham, em conjunto, preços de venda ao público através de um fornecedor comum, reduzindo ao consumidor as vantagens de um mercado em livre concorrência.

Economia

Mais Economia

Patrocinados