Impresa está "a tomar as medidas necessárias" para repor normal acesso aos seus conteúdos

Agência Lusa , RL
5 jan, 20:24

Grupo foi alvo de um ataque informático no domingo. Grupo está atualmente a trabalhar através de 'sites' que funcionam de forma provisória, bem como das suas redes sociais

A Impresa está a "tomar as medidas necessárias para repor", assim que possível, "o normal e regular acesso aos conteúdos noticiosos do grupo", depois de ter sido alvo de um ataque informático no domingo, divulgou hoje a empresa.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Impresa "informa que foi alvo de um ataque informático no domingo, dia 02 de janeiro, na sequência do qual os 'sites' de informação do jornal Expresso e os canais de televisão SIC e SIC Notícias, bem como a plataforma OPTO, ficaram temporariamente indisponíveis ao público".

Na sequência "da intrusão ilícita", a dona da SIC e do Expresso "desencadeou, imediatamente, em conjunto com uma equipa de especialistas, uma operação de avaliação do impacto potencial desse ataque ilegítimo e desencadeou ações preliminares de proteção e contenção e está a tomar as medidas necessárias para repor, o quanto antes, o normal e regular acesso aos conteúdos noticiosos do grupo".

O grupo adianta que está atualmente a trabalhar através de 'sites' que funcionam de forma provisória, bem como das suas redes sociais.

Num comunicado enviado esta manhã, a Impresa tinha avançado que os 'sites' do Expresso e da SIC Notícias estavam novamente no ar.

"Toda e qualquer evolução ou facto novo relevantes relacionados com este tema serão divulgados ao mercado e público em geral assim que possível", adianta a Impresa no comunicado enviado à CMVM.

Relacionados

Negócios

Mais Negócios

Patrocinados