Costa anuncia extensão de apoio de 60 euros mensais para um milhão de pessoas

22 jun, 16:05
António Costa em debate no Parlamento (Mário Cruz/Lusa)

Medida visa ajudar população perante o aumento do custo de vida

O primeiro-ministro anunciou esta quarta-feira que o Governo vai renovar o apoio extraordinário ao cabaz alimentar por mais três meses. Questionado pelo deputado do Chega André Ventura sobre as medidas para combater o aumento do custo de vida, António Costa disse que o Conselho de Ministros vai estender este apoio, que é dado num valor de 60 euros mensais.

Segundo António Costa, este apoio, que é para beneficiários de prestações mínimas e da tarifa social de eletricidade, vai abranger um milhão de pessoas.

O prolongamento da medida foi anunciado após questões sobre os impactos da inflação, que acabou por se agravar por causa da guerra na Ucrânia.

O apoio, que é pago de uma só vez, começou por se destinar apenas às pessoas abrangidas pela tarifa social de eletricidade, mas acabou por ser alargado aos beneficiários de outras prestações sociais mínimas, algo que se vai manter neste alargamento.

A 29 de abril houve 762.320 agregados familiares que receberam o cheque de 60 euros relativo ao cabaz alimentar, sendo que nessa altura o apoio abrangia apenas os beneficiários da tarifa social. Com o alargamento, que se efetivou em maio, o cheque alcançou mais 280 mil famílias.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Economia

Mais Economia

Patrocinados