Governo vai financiar projetos de apoio a migrantes e refugiados em 1,25 milhões de euros

Agência Lusa , CF
29 jul, 20:31
Primeiro grupo de 25 menores provenientes da Grécia a caminho de Portugal

A verba destina-se a financiar projetos de até dois anos no âmbito da “integração, informação, sensibilização, formação ou de aconselhamento"

A Secretaria de Estado da Igualdade e das Migrações (SEIM) lançou esta sexta-feira um concurso para financiar num total de 1,25 milhões de euros iniciativas que promovam a integração, educação e apoio a migrantes ou refugiados.

A verba destina-se a financiar projetos de até dois anos no âmbito da “integração, informação, sensibilização, formação ou de aconselhamento para migrantes, refugiados, beneficiários de proteção internacional e temporária em Portugal ou Nacionais de Países Terceiros (NPT)”, explica a SEIM em comunicado.

As candidaturas decorrem até 3 de outubro e estão abertas a “entidades privadas sem fins lucrativos, pessoas coletivas de direito público, pertencentes à administração local, bem como entidades da administração pública regional”.

Relativamente aos projetos, o regulamento estipula que as ações devem incidir sobre, pelo menos, uma de quatro áreas pré-definidas.

Por um lado, estão abrangidas projetos que promovam ou apoiem medidas ativas de integração e iniciativas que promovam ações de educação não formal, por exemplo para o ensino da língua portuguesa.

O concurso vai também apoiar associações que promovam sessões de sensibilização e de valorização da diversidade e do diálogo intercultural e inter-religioso, com o objetivo de apoiar os migrantes na sociedade portuguesa, explica o comunicado.

Outra das quatro áreas prende-se com a constituição de equipas multidisciplinares destinadas ao apoio relacionado com questões como alojamento, formação e emprego, acesso à educação, cuidados de saúde, assistência a menores ou apoio psicológico e social.

País

Mais País

Patrocinados