António Costa diz que “Portugal tinha muitas saudades do Brasil”

Agência Lusa , JGR
18 nov, 22:22
António Costa com a esposa Fernanda Tadeu, e Lula da Silva com a esposa Rosangela da Silva (AP Photo/Armando Franca)

ao lado de Lula da Silva, António Costa agradeceu ao presidente eleito brasileiro “por ter escolhido Portugal como a sua primeira viagem bilateral" e recordou que "o mundo tinha muitas saudades do Brasil"

O primeiro-ministro português afirmou esta sexta-feira que “Portugal já tinha muitas saudades do Brasil” e agradeceu ao presidente eleito brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva por ter escolhido o país como o destino da sua primeira viagem bilateral.

“Portugal tinha muitas saudades do Brasil, há muito tempo que não estávamos juntos. E eu, pessoalmente, tinha muitas saudades do presidente Lula”, declarou António Costa na declaração inicial após um encontro com Lula da Silva, em São Bento, Lisboa.

"Há que recuperar o tempo que perdemos, o tempo em que estivemos afastados e temos muito a fazer em conjunto", acrescentou o chefe do executivo português.

Perante os jornalistas, e ao lado de Lula da Silva, António Costa agradeceu ao presidente eleito brasileiro “por ter escolhido Portugal como a sua primeira viagem bilateral após a sua eleição e ainda antes de tomar posse”.

“O mundo tinha muitas saudades do Brasil, precisava que o Brasil regressasse à defesa dos valores da democracia, ao combate contra as alterações climáticas, à defesa do ambiente, àquilo que é a proteção e a defesa da cultura”, sublinhou.

O chefe do executivo português recordou que “este ano celebram-se 200 anos da independência do Brasil”, considerando que se trata “de uma história muito bonita, de um país fantástico e de um país de que Portugal se orgulha de ser irmão, de ser amigo”, e com quem quer “construir o futuro em conjunto”.

“Tenho a certeza de que, a partir do próximo dia 1 de janeiro [data da tomada de posse de Lula da Silva como presidente brasileiro], vamos voltar a ter o Brasil perto de nós e vamos continuar esta caminhada que há 200 anos começámos entre duas pátrias independentes e que já há uns séculos tínhamos em comum”, afirmou.

Dirigindo-se ao presidente eleito brasileiro, António Costa disse: “Presidente Lula, muito obrigado pela sua visita. Vamos em frente”.

Antes, à chegada à sala onde está a decorrer a conferência de imprensa, Costa pediu desculpa aos jornalistas pela espera - a reunião com Lula durou mais de uma hora, tendo inicialmente uma duração prevista de 30 minutos.

“A conversa pegou, foi correndo, e não demos pelo passar das horas”, disse, entre risos.

Depois desta conferência de imprensa, Lula da Silva e António Costa irão ter um jantar, onde estarão acompanhados pelas suas mulheres.

Lula da Silva chegou à residência oficial do primeiro-ministro às 20:00, acompanhado pela sua mulher Janja, tendo à sua espera o líder do executivo português e a sua mulher, Fernanda Tadeu.

Em São Bento, depois de uma breve reunião, os dois casais terão agora um jantar.

O Presidente eleito do Brasil está de visita a Portugal depois de ter participado na 27.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP27), em Sharm el-Sheikh, no Egito.

Luiz Inácio Lula da Silva, que já cumpriu dois mandatos como Presidente do Brasil, entre 2003 e 2011, foi novamente eleito em 30 de outubro, na segunda volta da eleição presidencial brasileira, com 50,9% dos votos, derrotando o chefe de Estado brasileiro em exercício, Jair Bolsonaro.

Enquanto secretário-geral do PS, António Costa manifestou apoio à candidatura de Lula da Silva nas eleições presidenciais brasileiras.

Governo

Mais Governo

Patrocinados