Costa expressa “gratidão permanente” pelas missões dos militares e forças de segurança

Agência Lusa , PF
23 dez 2021, 07:32
António Costa (EPA/Kenzo Tribouillard)
António Costa (EPA/Kenzo Tribouillard)

O primeiro-ministro referiu que, “para todas e todos aqueles que no dia de Natal estão em serviço, é sempre um momento difícil de afastamento das suas famílias”

PUB

O primeiro-ministro expressa “gratidão permanente” pelas missões que os militares e os elementos das forças de segurança nacionais desempenham diariamente em Portugal ou fora do país, numa mensagem hoje divulgada e que gravou na República Centro Africana.

A mensagem foi gravada na segunda-feira, em Bangui, durante a visita que António Costa efetuou à missão militar e de elementos das forças de segurança nacionais naquele país africano, em que esteve acompanhado pelo ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, e pelo chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, almirante António Silva Ribeiro.

PUB

“As nossas Forças Armadas são um elemento central da nossa identidade nacional e um elemento indispensável para a nossa defesa nacional. As nossas forças e serviços de segurança contribuem diariamente para que Portugal seja um dos países mais seguros do mundo”, considerou o líder do executivo.

Segundo o primeiro-ministro, “a todos” os elementos das nossas Forças Armadas e das forças de segurança, os portugueses devem “um gesto de gratidão permanente pelas missões que desempenham todos os dias, 365 dias por ano, 24 horas por dia”.

PUB
PUB
PUB

“Mas se há um momento particularmente relevante do trabalho das Forças Armadas e das forças de segurança é aquele que desenvolvem no quadro das forças nacionais destacadas, no âmbito da cooperação bilateral, em particular com os países de língua portuguesa, mas também no quadro da NATO, das Nações Unidas, no quadro da União Europeia, ou em vários quadros multilaterais”, destacou António Costa.

Agradecimento às famílias

O primeiro-ministro referiu depois que, “para todas e todos aqueles que no dia de Natal estão em serviço, é sempre um momento difícil de afastamento das suas famílias”.

“Mas, obviamente, é mais difícil quando a distância marca esse momento. É por isso que tenho procurado sempre estar com as nossas forças nacionais destacadas nesta época natalícia”, justificou.

A partir da República Centro-Africana, tendo atrás de si dezenas de elementos das Forças Armadas e forças de segurança nacionais, o líder do executivo agradeceu “a todos aqueles que prestam serviço nas fileiras”.

“Um agradecimento profundo pelo trabalho que fazem. Agradecer às suas famílias e aos seus amigos a disponibilidade que têm de os partilhar com o país para garantir a nossa defesa nacional e a nossa segurança interna. Mas também muito em especial para aquelas famílias que neste dia têm os seus familiares bastante distantes de sua casa e a quem endereço um agradecimento muito particular”, acrescentou.

PUB
PUB
PUB

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Governo

Mais Governo

Patrocinados