David Justino responde: o PSD continua disponível para negociar com um Governo do PS, apesar de Costa dizer que isso "nunca" acontecerá

CNN Portugal , MJC
27 dez 2021, 23:07

Vice-presidente da Comissão Política do PSD reage à entrevista de António Costa à CNN Portugal

PUB

David Justino, vice-presidente da Comisão Política do PSD, critica António Costa por impor como objetivo nas próximas eleições a maioria absoluta, deixando claro que se isso não acontecer não irá continuar nem como líder da oposição nem como líder do Partido Socialista.

Em reação à entrevista do primeiro-ministro António Costa à CNN Portugal, David Justino considera que o atual primeiro-ministro está a fazer "pura chantagem sobre o eleitorado" ao dizer "ou me dão a maioria absoluta ou vou-me embora".

PUB

Mas "se o PSD ganhar as eleições, António Costa está disponível para viabilizar um governo do PSD para quatro anos?", pergunta, sabendo já que a resposta é negativa.

"António Costa só quer a maioria absoluta. O PSD quer o máximo de votos possível, quer ganhar, esse é o nosso objetivo. Pode ser maioria absoluta ou relativa", diz David Justino, no programa "Crossfire" da CNN Portugal.

Rui Rio sairá da presidência do PSD se ficar em segundo? "Não necessariamente", responde. 

"Se por acaso perder as eleições, e o PS tiver maioria, provavelmente ele sai. Mas se por acaso for necessário, em nome do interesse nacional, negociar um governo com o PS, cá estaremos para negociar", afirma o vice-presidente do PSD.

PUB
PUB
PUB

"António Costa está preocupado com a sua governabilidade, Rui Rio está preocupado com a governabilidade do país", diz, sublinhando que essa é a grande diferença entre os dois líderes.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados