Presidente da ANA goza com "'os especialistas' que nem aeroportos de legos fizeram"

Agência Lusa , CV
6 jul, 13:54
Presidente do Conselho de Administração da ANA, José Luis Arnaut, durante a sua audição perante a da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas (Manuel de Almeida, Lusa)

"É um desporto nacional" falar sobre aeroportos, diz José Luis Arnaut - que sublinha que é o Governo que tem de decidir a localização do novo aeroporto e não ANA. "Neste momento não há nenhuma decisão, está tudo por decidir. Decidam e depois chamem-nos cá". "Cá" é o Parlamento

O presidente do Conselho de Administração da ANA, José Luís Arnaut, disse esta quarta-feira que cabe ao Governo decidir a localização do novo aeroporto, mas garantiu estar disponível para colaborar para que a escolha “seja a melhor para o país”.

“Não cabe à ANA tomar decisões sobre aeroportos, cabe ao Governo”, afirmou o ‘chairman’ da gestora aeroportuária, que está a ser ouvido na Assembleia da República, por requerimento do PSD.

José Luís Arnaut garantiu, porém, que a gestora aeroportuária está disponível para “colaborar para que a decisão que for tomada seja a melhor para o país”.

"Eu sei que Portugal é o país de especialistas de aeroportos, todos são especialistas de aeroportos, eu acho que muitos deles não fizeram aeroportos nem de legos, portanto é um desporto nacional", afirmou o presidente da ANA, acrescentando que a empresa tem opiniões sobre a matéria e dará pareceres técnicos "no momento próprio".

"Neste momento não há nenhuma decisão, está tudo por decidir. Decidam e depois chamem-nos cá [à Assembleia da República]", rematou.

Questionado pelos deputados da Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação sobre os cancelamentos de voos que se têm verificado nos últimos dias, o responsável começou por dizer que estava apenas preparado para responder sobre o tema do requerimento, que teve como fundamento a classificação do ‘site’ alemão AirHelp, que se dedica à defesa dos passageiros aéreos.

Este site divulga anualmente um ranking mundial dos aeroportos, no qual o Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, surge na 132.ª posição, com uma avaliação geral de 5.76 em 10 pontos, entre os 132 aeroportos avaliados, ou seja, em último lugar, e o Aeroporto Sá Carneiro, no Porto, aparece como o oitavo pior, com uma pontuação geral de 6.46.

No entanto, José Luís Arnaut acabou por admitir que se vive “um momento bastante difícil e complexo a nível europeu e também nos Estados Unidos” - que são problemas “em toda a aviação” que causam “grande agitação no setor”.

“Há um conjunto de medidas, planos de contingência, há um conjunto de preparações que foram feitas para tentarmos ultrapassar esta situação”, afirmou.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados