Já fez LIKE no CNN Portugal?

PUB

Plantel feminino do Rio Ave acusa ex-treinador de assédio sexual

Este é o primeiro caso de denúncia na I Liga de futebol feminino. Miguel Afonso é agora treinador da equipa feminina do Famalicão e disse à CNN Portugal que "há algo de estranho aqui montado"

Várias jogadoras do Rio Ave acusam Miguel Afonso - ex-treinador da equipa e agora treinador do Famalicão - de assédio sexual. Em causa, conta o jornal Público, está a troca de mensagens íntimas com as atletas, tendo mesmo chegado a pedir que enviassem vídeos seus.

PUB

Conta o jornal que as jovens atletas suspeitaram das mensagens e das abordagens do treinador e que, em conversa, perceberam que as ações de Miguel Afonso, de 40 anos, eram direcionadas a várias atletas do plantel. Uma das jovens queixosas, com 19 anos, contou aos progenitores a situação e colocou o treinador a par disso. Em resposta, este começou a afastá-la dos jogos e da equipa.

O Público contactou o treinador, que está agora à frente da equipa feminina do Famalicão, e o próprio negou as acusações. À CNN Portugal, Miguel Afonso disse apenas que "há algo de estranho aqui montado".

O Famalicão terá sido informado da situação depois de o contratar e defende agora que a questão está resolvida, mas não quis prestar declarações ao jornal.

O Rio Ave reagiu às acusações de várias jogadoras do clube a Miguel Afonso, antigo técnico dos vilacondenses, admitindo ter tido conhecimento de "alguns comentários" no final da época 2020-2021, mas que terá sido por pedido das atletas que não deu seguimento às queixas. 

O Maisfutebol confirmou, entretanto, junto da Federação Portuguesa de Futebol, que o Conselho de Disciplina vai abrir um processo disciplinar para investigar o caso.

Ao que a CNN Portugal apurou, até ao momento não foi apresentada qualquer queixa.