Amber Heard diz que ainda ama Johnny Depp. E teme ser processada novamente pelo ex-marido

CNN , Lisa Respers France
15 jun, 18:13
Julgamento Johnny Depp vs Amber Heard (EPA)

Amber Heard teme ser processada novamente pelo ex-marido Johnny Depp, apesar de admitir que ainda o ama.

Isto foi revelado na segunda parte da entrevista exclusiva de Heard a Savannah Guthrie, da NBC News, a primeira desde o julgamento mediático por difamação entre ela e Depp.

A atriz respondeu "sem dúvida", quando Savannah lhe perguntou se, depois de tudo, tal como ela disse em tribunal durante o julgamento por difamação, ela ainda "sentia amor" por Depp.

"Eu amo-o. Amei-o com todo o meu coração", disse Heard. "Tentei ao máximo que uma relação profundamente fraturada resultasse, e não consegui."

"Não tenho qualquer ressentimento ou má vontade em relação a ele", acrescentou ela. "Sei que pode ser difícil entender isto ou pode ser muito fácil entender, para quem já amou alguém."

Na primeira parte da entrevista, que foi para o ar na terça-feira, Heard disse acreditar que "a grande maioria deste julgamento foi realizada nas redes sociais" e falou da crueldade dirigida a ela por parte dos apoiantes de Depp.

Ela refletiu um pouco mais sobre a perceção que havia acerca dela, depois de Savannah lhe ter perguntado sobre um texto em que Depp prometia “total humilhação global”.

"Não sou uma boa vítima, eu sei", disse Amber. "Não sou uma vítima afável, não sou uma vítima perfeita. Mas quando depus, pedi ao júri para me ver e ouvir as palavras dele, que são uma promessa de fazer isso."

Depp processou Heard por 50 milhões de dólares (48 milhões de euros), alegando que ela o difamou num artigo do The Washington Post de 2018, em que escreveu sobre a experiência dela com a violência doméstica, embora não tenha sido mencionado o nome dele.

Ela processou-o de volta por 100 milhões de dólares (cerca de 96 milhões de euros) e ambos foram considerados culpados por difamação, embora o júri tenha entendido que Depp sofrera danos mais significativos.

Heard disse a Savannah Guthrie que "tomou como certo o que eu supus ser o meu direito a falar" e agora tem receio de dar a sua opinião.

"Tenho medo de que, faça eu o que fizer, diga eu o que disser ou como o disser, cada passo que eu der vai apresentar outra oportunidade para este tipo de silenciamento", disse Heard em resposta a Savannah Guthrie, quando esta lhe perguntou se receava que Johnny Depp pudesse processá-la novamente no futuro. "Creio que é isso que um processo por difamação faz: calar a nossa voz."

Quanto ao futuro da estrela de "Aquaman", ela diz que agora pode concentrar-se em ser mãe a tempo inteiro da filha de um ano.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados