Homem que baleou outro na Amadora detido nos Países Baixos

Agência Lusa , AG
11 nov, 19:02
Polícia Judiciária

Crime ocorreu há dois anos

Um homem de 26 anos suspeito de em 2020 ter baleado um outro, na Amadora, foi detido pelas autoridades dos Países Baixos, em colaboração com a Polícia Judiciária (PJ) e extraditado para Portugal, tendo ficado em prisão preventiva.

Numa nota enviada às redações, a PJ adianta que o detido está fortemente indiciado de um crime de ofensa à integridade física grave qualificada, salientando que a detenção ocorreu num contexto de cooperação policial internacional com as autoridades neerlandesas, país para onde o suspeito fugiu após ter cometido o crime.

A PJ explica que, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo e da Unidade de Cooperação Internacional e com a colaboração das Autoridades dos Países Baixos, procedeu “à localização, detenção e extradição para território nacional, de um homem com 26 anos, fortemente indiciado pela prática dos crimes de ofensa à integridade física grave qualificada e de detenção de arma proibida”.

O crime ocorreu a 10 de novembro de 2020, na via pública, no concelho da Amadora, quando o suspeito, na sequência de uma altercação com outro homem, de 33 anos, o atingiu com disparo de arma de fogo.

“Após a prática do crime, o suspeito abandonou o território nacional, vindo a ser localizado e detido pelas Autoridades dos Países Baixos, na sequência da emissão de mandado de detenção europeu por parte dos serviços do Ministério Público no DIAP de Lisboa Oeste – Amadora”, adianta a PJ.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados