Presidenciais, impostos, salários. Alunos do secundário vão estudar eleições e problemas financeiros

8 jun, 08:43
Matemática

Presidenciais, impostos, salários. Alunos do secundário vão estudar eleições e problemas financeiros

Alunos do secundário vão estudar eleições e problemas financeiros

Alunos do secundário vão estudar processos eleitorais, impostos, salários e promoções de venda

REVISTA DE IMPRENSA. Novo programa entra em vigor no ano letivo 2024/2025 no 10.º ano

A partir de 2024, os alunos do secundário vão estudar os processos eleitorais, como as presidenciais de 1986, na disciplina de Matemática. Este novo programa vai retirar carga teórica e vai ser reforçado com literacia financeira, estatística, pensamento computacional e teoria das eleições. Uma notícia avançada no Jornal de Notícias (JN).

De acordo com Jaime Carvalho e Silva, coordenador do grupo de trabalho criado pelo Governo, defende que a Matemática faz parte do dia a dia dos estudantes e, como tal, têm de compreender a sua aplicabilidade e utilidade. 

Saber identificar e distinguir uma maioria absoluta de uma relativa, aplicar métodos como o de Hondt, analisar contextos eleitorais como os das autárquicas, ou analisar a distribuição de mandatos constam das Aprendizagens Essenciais  do 10.º ano, que entraram terça-feira em consulta pública.

Quanto à literacia financeira, os alunos vão aprender a diferença entre salário bruto e líquido, o valor de alguns impostos - como o IVA e o IRS -  ou a analisar criticamente campanhas de promoções e vendas. 

O objetivo, referiu Jaime Carvalho e Silva, é que os alunos não fujam da Matemática. Questionado sobre se estas alterações no programa vão contribuir para a melhoria dos resultados na disciplina, não tem dúvidas: "Sim (...) não por razões de convicção ou fé religiosa" explicou, acrescentando que existem estudos que comprovam que "os alunos mais motivados têm melhores resultados". 

O grupo de trabalho deve analisar as propostas enviadas durante a consulta pública até 15 de novembro. A versão final deve ser entregue até ao final do ano para ser homologada. As mudanças começam a entrar em vigor no ano letivo 2024/2025 no 10.º ano. Antes disso, serão testadas em "turmas-piloto". 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Educação

Mais Educação

Patrocinados